O Rolls-Royce Phantom III utilizado pelo General Montgomery na II Guerra Mundial

Clássicos 11 Set 2020

O Rolls-Royce Phantom III utilizado pelo General Montgomery na II Guerra Mundial

Este Rolls-Royce Phantom III foi conduzido pelo General Bernard Montgomery, durante a Segunda Guerra Mundial, para transportar personalidades, como Winston Churchill, o Rei George VI e o General Dwight D. Eisenhower, que comandava as tropas Aliadas, para o encontro de planeamento do Dia D. Era conhecido por Green Car, pela sua pintura verde e preta.

Construído em 1936, este Phantom III foi adquirido inicialmente por Frederick Wilcock, CEO da Talbot Motor Company na época. Com o despoletar da Guerra, o Ministro Britânico de Guerra confiscou o automóvel para este ser utilizado pelo General. Como contrapartida, Wilcock pediu para o automóvel ser utilizado somente no Reino Unido, para evitar danos de maior.

Montgomery utilizou o Rolls-Royce, maioritariamente, para se deslocar entre as suas duas casas, uma em Surry e outra em Southwick para Londres, para além de transportar as personalidades supramencionadas. Após o Dia D foi utilizado pelo General Carl Spaatz. Nos anos 50 foi adquirido por um fazendeiro de borracha da Malásia, não sendo conhecida a história após isso. Posteriormente, passou para um coleccionador privado que o levou às celebrações do aniversário do Dia D, em 2014, em Southwick.

O motor que equipa o automóvel é um V12 de 7338cc de cilindrada produzindo 180cv, sendo o Phantom III o primeiro automóvel da marca britânica produzido com um motor V12. Este motor tinha cabeça em alumínio, assim como o cárter e o bloco. O motor é acoplado a uma caixa de quatro velocidades, tendo sido adicionada uma overdrive eléctrica.  A suspensão é independente na frente. Como equipamento único era o isqueiro traseiro, montado na consola entre os bancos, para acender os cigarros de Churchill.

O Phantom III foi também o últimos Rolls-Royce desenhado por Henry Royce, um dos fundadores da marca, tendo falecido em 1933. Do Phantom III somente 710 unidades foram produzidas, sendo hoje conhecidos cerca de 300 sobreviventes.

A 6 de Dezembro de 2017, este Rolls-Royce com o chassis número 3-AZ-186, foi levado a leilão pela Bonhams, no evento Collector’s Motor Cars and Automobilia, em Londres, vendido por 193.000 dólares, cerca de 163.000 euros, valor abaixo das expectativas inicias. Uma carta do Ministro acompanha o automóvel, datada de 18 de Novembro de 1943, onde indicava o requisição da viatura. Com a viatura está também presente a mala de ferramentas originais.

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

TAGS: Bonhams General Bernard Montgomery Rolls-Royce Phantom


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment