Giulia TZ, o GTO da Alfa Romeo

Clássicos 06 Set 2020

Giulia TZ, o GTO da Alfa Romeo

Por Bruno Machado

Apesar dos sucessos desportivos do Giulietta SZ, a Alfa Romeo não podia ficar sem fazer nada face à concorrência, a começar pelo Lotus Elite, exemplo paradigmático da filosofia light is right de Colin Chapman.
 
Por isso, a Alfa Romeo apresenta em 1963 o novo Giulia TZ (Tubolare Zagato). As linhas são da autoria da Carrozzeria Zagato, mais precisamente de Ercole Spada, autor das linhas do Aston Martin DB4 GT Zagato. Recuperando o princípio da coda tronca da última evolução do Giulietta SZ, o novo TZ, com o seu perfil e as suas aberturas no capot, apresenta algumas semelhanças com o Ferrari 250 GTO.
 
O motor não é um V12, mas sim, o quatro cilindros 1570 cm3 de 112 cavalos (cerca de 170 nas versões de competição) alimentado por dois carburadores Weber duplos. O objectivo de reduzir ainda mais o peso em relação ao Giulietta SZ é cumprido: o peso é de 660 quilos, menos 100 que o seu antecessor.

 
A estreia do TZ em competição dificilmente podia ser melhor. No circuito de Monza, o novo Giulia TZ, preparado na Auto Delta de Carlo Chiti, conquista os quatro primeiros lugares da categoria 1600, com Lorenzo Bandini no primeiro lugar (segundo na classificação geral).
 
Na temporada de 1964, o Giulia TZ ganha as mais prestigiadas corridas na sua categoria: 12 horas de Sebring, Targa Florio, 24 horas de Le Mans, 1000km de Nürburgring, Tour de France e a Coupe des Alpes na geral.
 
A partir de 1965, a Alfa Romeo prefere concentrar-se no Giulia GTA e no 33 e a Autodelta (agora numa só palavra) tem a seu cargo o desenvolvimento do TZ, que culmina com a versão TZ2. O motor e a caixa são os mesmos,  a distância entre eixos ou ainda as vias dianteiras e traseiras são iguais. Mas a carroçaria é mais baixa graças à colocação mais baixa do motor (graças ao carter seco), da caixa e da coluna de direcção sendo que duas entradas de ar aparecem nas laterais para o arrefecimento dos travões.
 
Apenas 12 TZ2 foram construídos (112 para o TZ), impossibilitando-lhe a homologação em categoria GT.
 

previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
previous arrownext arrow
Slider

TAGS: Alfa Romeo


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment