Morreu Fritz d'Orey, o luso-brasileiro que chegou à Fórmula 1

Clássicos 01 Set 2020

Morreu Fritz d’Orey, o luso-brasileiro que chegou à Fórmula 1

Fritz d’Orey, o piloto luso-brasileiro que chegou à Fórmula 1, morreu hoje em Cascais aos 82 anos.

Nascido a a 25 de Março de 1938 em São Paulo, Frederico José Carlos Themudo d’Orey era chamado de “Portuga” na sua infância. Este Paulista por nascimento era filho de portugueses e tinha dupla nacionalidade.

Foi um dos primeiros pilotos com licença desportiva brasileira a tentar uma carreira internacional. Correu na Fórmula Júnior e adaptou-se bem. Rapidamente surgiram algumas oportunidades para experimentar a Fórmula 1, o que aconteceu no GP de França de 1959, com um Maserati 250F alugado à Scuderia Centro Sud. Terminou em 10º lugar.



Seguiu-se o GP de Inglaterra, onde foi obrigado a desistir. Inscrito nas provas seguintes — GP da Alemanha e de Portugal — não alinharia à partida. Regressou no GP dos Estados Unidos, com a equipa Camoradi, aos comandos do Tec-Mez com motor Maserati, partindo do 17º lugar da grelha, mas abandonou à sexta volta, devido a uma fuga de óleo.

Em 1960, um grave acidente nos treinos das 24 Horas de Le Mans, quando conduzia um Ferrari de sport, acabou a sua carreira como piloto e impôs uma recuperação de oito meses.

Voltou para o Brasil, estabelecendo-se como empresário da construção civil, mas tarde regressou a Portugal, tendo vivido no Estoril até à data da sua morte.



PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment