As fotografias inéditas do interior do Ekranoplan soviético

Clássicos 29 Ago 2020

As fotografias inéditas do interior do Ekranoplan soviético

O Ekranoplan, ou “O Monstro do Mar Cáspio”, já foi alvo de um artigo aqui no Jornal dos Clássicos. É sem dúvida uma obra prima de engenharia soviética, que queria demonstrar todo o seu poderio militar. O seu nome correcto é MD-160 e é o único “Lun-class Ekranoplan” funcional, alguma vez construído. Esta “coisa” tem o recorde do maior peso transportado em “suspensão” visto que este avião-barco tinha efeito solo e elevava-se da linha de água, podendo atingir um peso de 380 toneladas. E no fundo de tudo, apesar dos EUA tentarem perceber o que era, nunca o conseguiram através de imagens de satélite.

O seu desenvolvimento iniciou-se nos anos 70 e entrou ao serviço em 1987 nos estaleiros da Marinha Russa e esteve no activo até ao final dos anos 90, ou seja, pouco tempo, para o investimento feito. À frente do projecto esteve Rostislav Evgenievich Alexeyev desde 1975, nome associado a vários projectos fora do normal da União Soviética, principalmente destes aviões-barcos.

Este monstro é impulsionado por oito motores a jacto Kuznetsov NK-87, podendo atingir os 550 km/h. Os restantes números também são impressionantes, 2000 km de autonomia, é capaz de transportar 116 toneladas de carga e pode navegar até quatro metros acima da superfície. Além da engenharia envolvida, o Ekranoplan transportava ainda seis mísseis teledirigidos Moskit e quatro metralhadoras PI-23.



Com o final da União Soviética e consequente fim dos fundos para material militar, o desenvolvimento foi cancelado. Após vários anos atracado num antigo estaleiro da Marinha Russa, o MD-160 foi levado, a 31 de Julho de 2020, para um novo local, em Derbent, perto de uma praia, para depois ir para um parque, onde irá estar em exposição permanente.

Por agora é possível, aos mais aventureiros, a visita ao interior, pois a porta lateral está aberta. E foi isso que a fotografa russa Lana Sator fez, explorar o Ekranoplan no passado dia 7 de Agosto. Mas, desenganem-se se pensam que o Ekranoplan está ao abandono, já que tem no seu interior seguranças a guardar o veículo, assim como um gerador para alimentar a rede eléctrica. Obviamente que Lana não pediu permissão e entrou sem chamar à atenção, para poder tirar estas fotografias inéditas.

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

TAGS: Ekranoplan


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment