Concessionário abandonado da Ferrari e Maserati na China guarda três relíquias raras

Modernos 09 Ago 2020

Concessionário abandonado da Ferrari e Maserati na China guarda três relíquias raras

Para qualquer aficionado de automóveis, visitar um antigo concessionário é algo único e mágico, pois é um local que parou no tempo e que guarda as memórias do dia em que fechou. Quando a isto, se juntam duas marcas icónicas italianas, como a Ferrari e a Maserati, é ainda mais único. O expoente máximo, é quando no seu interior estão automóveis que foram deixados para trás, ainda para mais quando são raros e de grande valor.

Este concessionário, situado na China, foi um dos primeiros na sua região e encerrou há cerca de oito anos, após ter iniciado a sua actividade em 2005. No seu interior permanecem três automóveis, além de toda a memorabilia das marcas. O concessionário fechou em 2012 devido a leis anti consumismo decretadas pelo governo chinês no ano anterior. Na impossibilidade de vender o seu inventário, tudo permaneceu no seu interior após o fecho. Agora, James Wan conseguiu retratar o estado no seu interior e só assim foi possível ver estas “máquinas”, mas será que ainda esconde algo mais especial? Não se sabe.

Como podem ver pela imagem de destaque do artigo, um dos três automóveis a apanhar pó no antigo concessionário, é um Porsche Carrera GT, mas não é um exemplar qualquer, mas sim um dos três pintados na cor Zanzibar Red Metallic, sendo o número 1.255 dos 1.270 produzidos. Antes de chegar à China, este Carrera GT esteve na Alemanha e Rússia, tendo percorrido cerca de 5.000 km.

O Porsche Carrera GT foi lançado em 2003 e está equipado com um motor V10 de 5,7 litros de cilindrada, debitando 603 cv e 590 Nm, motor este que foi desenvolvido para um projecto de Fórmula 1 e para um protótipo para as 24 Horas de Le Mans, ambos abandonados durante o desenvolvimento. Acoplado ao motor, está uma caixa de seis velocidades manuais.

Os outros dois companheiros do Carrera GT são um Chevrolet Corvette Z06 e um Ferrari 575 Superamerica. O Ferrari é também um automóvel extremamente raro, pois a versão Superamerica é uma versão especial com base no 575M Maranello, limitada a 559 unidades e destas somente 43 exemplares foram construídos com caixa manual, como o exemplar que se encontra neste concessionário. Equipado com um motor V12 de 5,7 litros de cilindrada, o Superamerica debita 540 cv e 589 Nm de binário.

Já o Corvette, é o menos raro dos três, mas não deixa de ser uma pena. Este exemplar é um Z06 da quinta geração do modelo, a C5, sendo a versão mais desportiva dessa geração. Equipado com o motor V8 LS6 de 5,7 litros de cilindrada, debita 390 cv, passando para os 411 cv em 2002. Acoplado ao motor está uma caixa manual de seis velocidades. Só nós achamos estranho os três exemplares terem a mesma cilindrada? Bem, conspirações à parte, o futuro destes automóveis é incerto, mas esperamos que possam voltar às estradas e fazer rosnar os seus motores e deliciar o momento de quem os conduz e os vê na estrada.

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

TAGS: Chevrolet Corvette Ferrari Ferrari 575 Maserati Porsche Carrera GT


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment