Alfa Romeo 8C 2300 Décapotable pode ultrapassar os seis milhões de euros em leilão

Mercado 08 Ago 2020

Alfa Romeo 8C 2300 Décapotable pode ultrapassar os seis milhões de euros em leilão

Após o sucesso do Alfa Romeo 6C 1750 e do seu motor de seis cilindros, um modelo destinado ao conforto e refinamento, a marca italiana decide continuar a sua bandeira nos circuitos e desenvolve o modelo desportivo 8C, no início da década de 30, desenhado pelo legendário Vittorio Jano, sendo o primeiro automóvel de oito cilindros da Alfa Romeo. Ao longo dos anos em que esteve activo nas competições, venceu as mais variadas provas, incluindo as 24 Horas de Le Mans por quatro vezes.

O motor é de oito cilindros em linha em alumínio, composto por dois motores de quatro cilindros em linha soldados. No meio dos dois blocos, está a distribuição por rodas dentadas, dando movimento às duas árvores de cames à cabeça e a todos os elementos auxiliares, incluindo o compressor volumétrico Roots. A lubrificação era feita através de um sistema a cárter seco. O motor de 2.336 cc desenvolve 142 cv às 5.000 rpm. A potência chega às rodas traseiras, através de uma caixa de quatro velocidades manuais, montada na traseira, numa posição transaxle.

Grande parte das carroçarias eram descapotáveis ou coupés, desenhadas pela Touring ou pela Zagato, havendo duas distâncias entre eixos, o Corto de 2.750 mm e o Lungo de 3.100 mm. A versão Spider Corsa foi lançada na mesma altura, com o motor a debitar 155 cv às 5.200 rpm, passando para os 165 cv em 1932. No total, cerca de 207 chassis foram produzidos.

Mas, nem todas as carroçarias eram elaboradas pelos especialistas mais conhecidos, como é o caso deste 8C 2300 Décapotable, carroçado pela Carroserie Joseph Figoni. Tudo começa com a Alfa Romeo a instalar-se em França e com a relações comerciais deterioradas entre esta e Itália, com a primeira a impor taxas avultadas aos artigos de luxo vindos de Itália. A Alfa Romeo abre uma pequena fábrica para a montagem dos chassis, que vinham completamente prontos, faltando apenas montar.

Joseph Figoni abre uma pequena carrozzeria, ou melhor, uma carroserie, em Boulogne-Billancourt, perto de Paris, em Novembro de 1923, com os primeiros trabalhos realizados em modelos Bugatti e Ballot. Figoni rapidamente ganhou notoriedade pelas suas carroçarias belas e leves, produzindo cerca de 70 automóveis para a Bugatti e Delage. Iniciou-se uma estreita relação entre Figoni e a Alfa Romeo France, devido ao piloto Raymond Sommer, que pediu para modificar o seu 8C 2300 para as 24 de Le Mans, acabando mesmo por vencer, com a ajuda de Luigi Chinetti. Desde então, as encomendas dispararam para a produção de vários Alfa Romeo, a pedido mesmo por concessionários. Grande parte seriam para a competição, mas entre 1932 e 1935, Figoni produz sete 8C 2300 para estrada, sendo cinco descapotáveis.

Este 8C 2300 Décapotable é um dos cinco e o que mais original está, vendido novo em 1934 a Raoul Calvayrac. Posteriormente, na década de 40, o 8C foi para os EUA, onde foi adquirido por Jim Ibold, após ter sido comprado por Hubert Harmon. Permaneceu cerca de quatro décadas na mesma família. Nos anos 80, conheceu o seu quarto proprietário, Patrick Ottis, mantendo-o sem qualquer restauro até 2005, altura em que recebeu o merecido restauro, não profundo, para manter uma certa patina, sendo pintado na sua cor original e apresentado no Alfa Romeo Anniversary, em Pebble Beach, em 2010. O actual proprietário adquiriu-o a Ottis e está agora à procura de uma nova garagem.

O exemplar do artigo, com o chassis número 2311239, irá ser levado a leilão, num evento levado a cabo pela Bonhams, em Los Angeles, no próximo dia 14 de Agosto, com um preço estimado entre os 5,5 e os 6,3 milhões de euros.

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

TAGS: Alfa Romeo 8C Bonhams Carroserie Joseph Figoni


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment