Snapshot: Um buggy nas 24 Horas de Daytona

Arquivos 12 Jul 2020

Snapshot: Um buggy nas 24 Horas de Daytona

Por Ricardo Grilo

Até ao início dos anos 80 um dos motivos de interesse da passagem do Campeonato Internacional de Marcas pela Flórida (para a disputa de Daytona e Sebring) residia no facto de surgirem sempre inúmeros concorrentes com carros exóticos que não eram vistos em nenhuma outra prova do campeonato.
 
Para não fugir à tradição, na edição de 1970 das 24 Horas de Daytona apareceu na lista de inscritos um tal Desert Volkswagen GS, modelo desconhecido de um pequeno fabricante de “buggys” que poucos conheceriam fora dos EUA.
 
A ideia era interessante, pois o pequeno fabricante de “buggys” decidiu preparar um modelo especial com motor VW de 1700 cc para Daytona. Não para as dunas de Daytona, onde seria normal ver carros deste tipo, mas sim para competir nas 24 Horas de Daytona, do campeonato do mundo de endurance, com o intuito de aumentar a visibilidade da marca.

 
Sem outra alternativa no regulamento, o Deserter Volkswagen GS foi considerado como “Protótipo”. O que era normal, visto que se tratava de um exemplar único do construtor americano de “buggys” derivado de um modelo de autocross e, claro está, não possuía homologação FIA para veículos de produção (na época, dos Grupos 1 a 5).
 
Esta fotografia de Louis Gallanos – especialista de longa data deste tipo de provas – é na realidade uma composição criada a pedido do próprio, para ilustrar um incidente inicial entre o referido “buggy” e o Porsche “T-Car” de Jo Siffert logo no início dos treinos.
 
A parte real da foto mostra-nos o “buggy” Deserter na pista tendo ao volante o proprietário Jon Krogsund. Atrás do Deserter foi inserida uma imagem do Porsche 917 K “T-Car” de Jo Siffert.
 
Na realidade os dois carros iriam mesmo colidir no “infield” pouco depois de Gallanos ter realizado esta foto do Deserter. Os danos foram insignificantes, mas Siffert ficou furioso com a presença de um carro tão lento e a equipa de John Wyer que fazia correr os Porsche 917 com as cores da Gulf apresentou em seguida um protesto para se livrar do carro.
 
Depois de ouvir ambas as partes e outros testemunhos, os comissários decidiram que se tinha tratado de um “acidente normal de corrida” o que queria dizer que o Deserter não seria excluído da prova.
 
No entanto, como Jon Krogsund, proprietário e construtor do buggy, era também um concessionário Porsche/Volkswagen, desejava tudo menos antagonizar os seus parceiros de negócio. Por isso, previdente mas algo desgostoso iria mesmo retirar o carro antes dos treinos oficiais, acabando assim a experiência da Deserter no campeonato Internacional de Marcas.
 
Mas convenhamos que teria sido interessante ver até onde poderia ter chegado o pequeno e leve “Buggy” em confronto com os verdadeiros carros de endurance que alinharam nessa edição das 24 Horas de Daytona.
 
Imagem colorida por Ricardo Grilo


TAGS: 24 Horas de Daytona Desert Volkswagen GS


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment