Os oito Porsche que ainda se compram a preços acessíveis

Clássicos 09 Jul 2020

Os oito Porsche que ainda se compram a preços acessíveis

A Porsche é uma marca icónica no seio dos automóveis, com uma constante valorização ao longo dos anos. Os modelos da marca germânica serão certamente uma boa aposta pois, ao passar ao estatuto de culto os seus valores começam a subir. Basta ver o que se passou com os Porsche 356 e os 912, que durante vários anos não tinham grande valor, mas que agora estão em valores bastante altos. Vamos dar oito exemplos de modelos Porsche que ainda se encontram a bom preço e que, eventualmente, irão começar a valorizar.

Porsche 914


Os Porsche 914/6, equipados com o motor do 911, já há muito que subiram de preço, mas os tradicionais 914 ou 914/4, com motor boxer de quatro cilindros de origem Volkswagen, ainda se encontram a preços acessíveis, principalmente nos EUA, onde foi vendida grande parte da produção. Já são clássicos, o que é uma vantagem se quer ter um clássico Porsche na garagem de motor central, sem ter que jogar no Euromilhões, ainda assim, os seus valores já rondam os 20 a 30.000 euros.

Porsche 924


O 924 foi durante muitos anos o modelo mais barato que se poderia adquirir e o “patinho feio” da Porsche, mas os valores começam, aos poucos, a subir. Melhor de tudo, é um automóvel prático, conduz-se bem e é barato de manter, pois está equipado com o motor de 2,0 litros da comercial Volkswagen LT. Por cá, os valores já andaram abaixo dos 5.000 euros, mas agora rondam os 10.000.

Porsche 928


O 928 quase substituiu o 911, mas ainda bem que isso não aconteceu. Apesar de não ser o 911, o 928 continua a ser um bom GT, com um motor V8 montado na frente. Os valores já começam a subir, principalmente nos últimos modelos e com caixa manual, mas certo que subirão mais. Por menos de 25.000 euros já se pode ter este clássico Porsche.

Porsche 944


O Porsche 944 seguiu a linhagem do 924, mas para melhor, com melhorias na suspensão e evolução da mecânica. O seu valor também é um pouco superior ao do 924, rondando os 14.000 euros.

Porsche 968


O 968 foi o último modelo da linhagem 924/944 e o último Porsche coupé de motor frontal. Apesar de ser mais raro que os anteriores modelos, os seus preços continuam baixos e o seu design lembra um pouco o irmão maior, o 928.

Porsche 911 (996)


A geração 996 do 911 sempre foi considerada o “patinho feio” dos 911. Tem tudo o que um 911 precisa, mas o seu design não foi o mais feliz. Por esse motivo, os seus valores andaram baixos durante muitos anos e começam agora a ganhar terreno, chegando já perto dos 30.000 euros.

Porsche Boxster


O Boxster foi desenvolvido para ser o modelo de entrada na gama da Porsche, mas tem melhor agilidade que um 911, pois utiliza o motor seis cilindros boxer montado numa posição central. Além disso, é um modelo descapotável, com os valores de hoje a ser bastante apetecíveis, apesar de já terem estado mais baixos. Ainda assim, por menos de 20.000 euros já se pode adquirir um bom exemplar.

Porsche Cayenne


O Cayenne leva consigo o peso de ter salvo a Porsche da falência, juntamente com o Boxster. Apesar de ter chocado qualquer fã da Porsche, pois foi o início da era SUV no seio da marca. Hoje ainda se encontram a bons preços, com tendência para manter. Por 15.000 euros já se pode entrar no segmento dos SUV de luxo e nos modelos Porsche, ou então, com um pouco mais já se pode adquirir um S, com motor V8 e 340 cv.

Bónus

Como em qualquer lista de modelos Porsche, não poderia faltar outros automóveis, que não são tradicionalmente Porsche.

Porsche-Diesel


De 1956 a 1963 a Porsche produziu mais de 125.000 exemplares de tractores agrícolas. Equipados com motores de dois cilindros refrigerados a ar, produzindo 25 cv. Hoje, os exemplares em boas condições, começam a ter algum valor e certamente que ficará bem em qualquer colecção Porsche.

Mercedes-Benz 500E


Sim é um Mercedes-Benz, mas no fundo foi o antecessor do Porsche Panamera, pois foi produzido na fábrica da Porsche, em Zuffenhausen, e desenvolvido por esta, ainda antes da AMG pertencer à Mercedes-Benz. Posteriormente, a Porsche aplicou uma receita idêntica na Audi 80 Avant de grande performance, nascendo a RS2. A ideia foi pegar no chassis W124 e produzir um concorrente ao BMW M5, equipado com o motor V8 M119 de 5,0L de cilindrada e 326cv, mas infelizmente acoplado somente a uma caixa automática de quatro velocidades. Mas, enquanto os valores da RS2 já estão altos, os 500E, ou E500 como passaram a ser vendido a partir de 1994, continuam relativamente baixos lá fora, pois cá é difícil encontrar um à venda, rondando os 30.000 euros.

Covin Turbo


O Covin Turbo não é um Porsche no verdadeiro significado da palavra, mas parece-se com um. Durante os anos 70 e 80, houve um boom de réplicas e o 911 não foi excepção. De certo, que de todas as réplicas produzidos do 911, as dos britânicos da Covin é das melhores, criadas por Tim Cook e Nick Vincent, desde o início dos anos 80 até 1992. Inclusivamente, alguns tiveram mesmo direito a mecânicas Porsche, no entanto, a grande maioria tinha mecânica do Carocha ou o motor Ford CVH. Os primeiros exemplares eram construídos com base nos Carocha, mas os últimos já tinham o seu próprio chassis. Certo que em Portugal não deve existir nenhum exemplar desta marca, mas no Reino Unido andam a preços convidativos, menos de 10.000 euros, caso alguém queira somente o aspecto de um 911 da velha guarda.


TAGS: Covin Turbo Mercedes-Benz 500E Porsche Porsche 911 Porsche 914 Porsche 924 Porsche 928 Porsche 944 Porsche 968 Porsche 996 Porsche Boxster Porsche Cayenne Porsche Diesel


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment