Ducati reabre museu combinando a visita com novas experiências

LifeStyle 03 Jul 2020

Ducati reabre museu combinando a visita com novas experiências

Amanhã, dia 4 de Julho, a mesma data em que a Ducati foi fundada há 94 anos, o Museu Ducati e o laboratório educativo ‘Fisica in Moto’ na fábrica de Borgo Panigale vão reabrir as suas portas aos visitantes, após a paragem forçada devido à emergência sanitária.

A reabertura será gradual, sendo que até 30 de Setembro as visitas ao Museu Ducati e ao laboratório educativo serão limitadas ao sábado e domingo, com a excepção das semanas de 3 a 9 e de 17 a 23 de Agosto, em que as visitas aos dias úteis serão também possíveis.

Um bilhete único estará disponível para os visitantes ao preço especial de € 25, que inclui a admissão ao Museu e uma visita guiada ao laboratório Fisica in Moto, uma oportunidade verdadeiramente única para descobrir a história do fabricante de motos de Borgo Panigale e as leis da física aplicadas ao mundo dos motores. As visitas à fábrica mantêm-se suspensas por razões de segurança, mas um novo tour virtual estará brevemente disponível no website Ducati.com, que permitirá aos visitantes verem por dentro as linhas de montagem.


De acordo com as regras de segurança contra a disseminação de Covid-19, o acesso às instalações será permitido a um máximo de sete pessoas de cada vez e após terem reservado e comprado o bilhete no website. As visitas são agendadas a cada 15 minutos das 9h00 às 18h00.

Durante todo o período de estadia dentro da área da empresa será necessário manter sempre um distanciamento social de pelo menos um metro e é obrigatório usar uma máscara cirúrgica. No caso do visitante não ter uma, esta será fornecida pelo staff do Museu.

De moto a assegurar uma maior disponibilidade para os visitantes e evitar ajuntamentos, a duração máxima da visita é de uma hora e meia (45 minutos no Museu e 45 minutos no Laboratório Fisica in Moto).

Nova experiências para descobrir a região

Também será possível combinar a visita ao Museu Ducati e ao laboratório educativo com novas “experiências” que o Museu Ducati oferece aos visitantes. Existem opções, em qualquer dos casos relacionadas com a visita ao Museu e à Fisica in Moto, divididas em dois tipos de propostas que pretendem dar a descobrir a história, tradição e beleza da Emilia-Romagna, região da qual a Ducati é uma das marcas mais representativas. Os itinerários propostos podem ser feitos em um dia, visitando Bolonha numa das novas e-bikes da Ducati, acompanhado por guias E-xplora certificados pela Academia Nacional MTB. Ou de moto, divididos por vários dias, de forma independente, mas com a possibilidade de seguir um itinerário expressamente desenhado, alugando uma Ducati para viajar através da beleza das paisagens dos Apeninos ou desfrutando da Riviera Romagna, ao longo de estradas alternativas que podem ser apreciadas de moto.

Eis as propostas apresentadas pelo Museu Ducati: Bologna by E-xplora, um tour curto e um longo para visitar o centro da cidade de Bolonha, os seus monumentos históricos e as colinhas bolonhesas numa e-bike Ducati Scrambler em um dia. Em ambos os tours os visitantes serão acompanhados por um guia E-xplora certificado pela Academia Nacional MTB. O custo do tour pelo centro da cidade é de € 65, e o tour com o centro da cidade e as colinas é de € 85, com o aluguer da e-bike e guia incluídos. Para aqueles que o desejarem, existe ainda a oportunidade de almoçar na Ducati Scrambler Food Factory em Bolonha.

Mid-Reno e Vale de Savena, um roteiro perfeito para um tour de moto, descobrindo a antiga história dos Apeninos Bolonheses e as suas águas ao longo de duas estradas lendárias: a “Porrettana” e a “Futa”. Do Museu Ducati, na verdade, pode facilmente apanhar-se a “Porrettana”, a estrada entre Bolonha e Pistoia, construída em anos cruciais para o país, entre as guerras que trouxeram a independência e a unificação de Itália. Para ser feito de forma independente ou alugando uma moto na Ducati Factory Store (preços de aluguer de motos e equipamento listados no website Ducati).

Por último a rota Stradelli Guelfi, que representa uma alternativa inteligente para ir até à costa, evitando o tráfego diário de verão rumo aos destinos da Riviera Romagna e descobrindo as estradas que contam as origens do motociclismo na região. O exemplo autêntico de um “slow ride”, a Stradelli cobre a faixa da Romagna que chega à Riviera de Ravenna, imersa no colorido campestre. Para ser feito de forma independente ou alugando uma moto na Ducati Factory Store.

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

TAGS: Ducati


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment