Alfa Romeo: A fábrica de Arese

Clássicos 27 Jun 2020

Alfa Romeo: A fábrica de Arese

Por Tiago Nova

A fábrica de Arese, em Milão, foi uma das mais importantes para a Alfa Romeo, sendo o seu centro de operações até 1986. Foi a segunda fábrica da marca a ser construída e apesar de continuar a ser importante, a partir de 1986 esta passou a ser uma fábrica do Grupo Fiat, após a aquisição desta nesse mesmo ano. Estas instalações substituíram a antiga fábrica de Portello, entretanto demolida.

 

A construção da fábrica de Arese começou em 1960, demorando três anos para estar concluída. Até ao final dos anos 90 foi a maior fábrica da Alfa Romeo. Logo em 1963 iniciou-se a produção do Giulia GT. Após a transferência da produção de Portello, em 1965, os Alfa Romeo Giulia também começaram a ser produzidos em Arese.

 

 

Em 1968 juntaram-se os Alfa 1750, em 1971 os Alfa 2000 e no ano seguinte o sucessor destes, o Alfetta. Seguiram-se, em 1974, as suas versões desportivas Alfetta GT e GTV. Em 1977 começa a produção do sucessor do Giulia, o Nuova Giulietta. Em 1979 inicia-se a produção do modelo de luxo Alfa 6.

 

 

Seguiram-se cinco anos sem a produção de novos modelos, algo que, em 1984, muda com o arranque da produção do Alfa Romeo 90 e no ano seguinte com a produção do Alfa Romeo 75. O Alfa Romeo 90 foi um modelo com pouca saída comercial e, por isso, logo em 1987 é substituído pelo Alfa Romeo 164, também produzido em Arese que também substituiu o Alfa 6.

 

Em 1992 começa a ser produzido o primeiro automóvel que não era Alfa Romeo, o Autobianchi/Lancia Y10. Os últimos modelos Alfa Romeo produzidos em Arese seriam os Spider e GTV, iniciando-se em 1993 e terminando em 2000, quando a produção se mudou para a Pininfarina. Nesse mesmo ano a produção cessa em Arese, cujo local passou a ser somente de montagem. Eram aqui instalados os motores eléctricos e baterias no Fiat Seicento Elettra e os sistemas de gás no Fiat Multipla Metano.

 

 

Actualmente a fábrica está praticamente ao abandono, desde que a Fiat moveu a produção da Alfa Romeo para outras fábricas do grupo. As últimas produções datam de 2005, quando a produção do motor V6 da Alfa Romeo parou. No entanto, até 2009, funcionou o Centro Stile Alfa Romeo, onde eram desenvolvidos os designs dos modelos da marca, mas estes foram transferidos para Turim, que tinha sido aberto em 1990. Os últimos modelos desenhados aqui foram os Alfa Romeo MiTo e Giulietta. Parte das antigas instalações da Alfa Romeo foram transformadas num centro comercial e outras demolidas, restando pouco do que era esta grande fábrica.

 

 

As únicas actividades existentes em Arese é o Museo Storico Alfa Romeo, localizado num dos edifícios da antiga fábrica, onde tem em exposição mais de 200 automóveis, desde de protótipos, a automóveis de competição e produção, passando pelos motores, incluindo de aviões. Além disso, está presente um concessionário da Alfa Romeo e da Jeep, marca pertencente ao Grupo FCA. Como curiosidade, em frente onde agora é o museu, existe uma pequena pista, que eventualmente seria usada para testes.

 

previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
previous arrownext arrow
Slider

 

 


TAGS: Alfa Romeo


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment