O caminho até à F1: Jim Clark

Arquivos 19 Jun 2020

O caminho até à F1: Jim Clark

Por Pedro Branco

O título deste artigo poderia ser “Subir na vida”. Pelo menos era o que estava a acontecer no momento e que, figurativamente, estava a acontecer à carreira do piloto.
 
Três anos antes tinha começado a correr, um pouco às escondidas dos pais, criadores de ovelhas habituados a cenários mais pacatos, recorrendo a carros de amigos ou o seu Sunbeam-Talbot pessoal. Rali, rampas e circuitos, tudo o que tivesse um relógio a batalhar contra os volantes, ele lá queria estar, na sua Escócia natal. E o talento depressa se evidenciou, levando a que, em 1958, passa-se a conduzir para a Border Reivers, que se poderia considerar a segunda melhor equipa escocesa, só atrás da Ecurie Ecosse. Aí, com melhores carros e estrutura à sua disposição, despontou ainda mais, umas vezes com um Jaguar D-Type, outras vezes com o seu Porsche pessoal e ainda aquela ocasião em Brands Hatch, mais lá para o final do ano, onde andou mano a mano de Lotus Elite contra carro igual, guiado pelo seu criador. Que ficou logo curioso acerca daquele jovem pacato fora do carro, mas feroz uma vez dentro do habitáculo.
 
O ano seguinte ainda foi em maior força, ao que parece foram 11 vitórias em 20 corridas, umas de Lotus Elite outras no Lister (ex. Bruce Halford) da foto que encabeça este artigo, tirada na rampa escocesa de Bo’ness, a qual ganhou. No final do ano vai disputar uma das primeiríssimas provas de F. Junior em solo inglês, ao volante de um Gemini/BMC da Chequered Flag, o evento realizado no Boxing Day em Brands Hatch.

 
O contacto com essa disciplina mantém-se na primeira prova de 1960, quando conduz um dos Lotus de Colin Chapman, na mesma prova onde se estrearia John Surtees, como mencionado no último desta rubrica. Ganhou.
 
Isto levou a que Jim Clark se estreasse pelo Team Lotus no Mundial de F1 no Grande P da Holanda de 1960, substituindo John Surtees que tinha ido correr de moto na ilha de Man. E o resto é história.



PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment