Snapshot: O triunfo no 1º Grande Prémio do Mónaco

Competição 04 Mai 2020

Snapshot: O triunfo no 1º Grande Prémio do Mónaco

Por Ricardo Grilo

William Grover-Williams a caminho do triunfo no primeiro GP do Mónaco, em 1929. Logo atrás, o Mercedes-Benz SSK de Rudi Caracciola, o seu maior adversário nas ruas do principado.

De pai britânico e mãe francesa, Williams entrava então na fase de ouro da sua carreira desportiva,após ter ganho o Grande Prémio de França do ano anterior. No Mónaco iria surpreender todos ao bater o favorito alemão nas ruas da cidade onde habitava. Curiosamente, o seu Bugatti 35 tinha sido especialmente pintado de verde escuro, uma exigência de Ettore Bugatti para evidenciar de que se tratava de uma presença privada.

 Ainda nesse ano, Groover-Williams iria triunfar novamente no Grande Prémio de França, em Le Mans, agora já com o Bugatti 35 pintado no habitual tom de azul. A sua fulgurante carreira iria incluir muitos outros triunfos, incluindo três no Grande Prémio de La Baule, estância de veraneio onde o piloto possuia outra casa.

Quanto ao seu adversário, o grande Rudy Caracciola já era famoso quando foi até ao Mónaco com o Mercedes-Benz SSK desenhado por Ferdinand Porsche. Saindo do fundo da grelha (atribuída aleatoriamente) iria recuperar até ao comando, mas iria perder muito tempo no abastecimento e o piloto do Bugatti iria passar para a frente e resistir ao ataque do homem do Mercedes SSK que iria terminar em segundo lugar.


TAGS: Grande Prémio do Mónaco


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment