Pablo Escobar: O piloto que ninguém queria pôr fora da corrida

Arquivos 01 Mai 2020

Pablo Escobar: O piloto que ninguém queria pôr fora da corrida

O colombiano Pablo Escobar, nascido a 1 de Dezembro de 1949, foi um dos maiores barões da droga do seu tempo. Conhecido por “The King of Cocaine”, fez fortuna com o narcotráfico e chegou a ser uma das pessoas mais ricas do mundo. O dinheiro permitia-lhe fazer o que queria e no automobilismo isso também não foi excepção, até um certo ponto...
 
Pablo nutria grande paixão pelos automóveis e tinha em sua posse uma vasta colecção que, após a sua morte, a 2 de Dezembro de 1993, foi desmembrada e alguns automóveis destruídos. Além disso, era um piloto de automóveis profissional, juntamente com o seu primo Gustavo Gaviria.

 
As primeiras competições em que Pablo Escobar participou foram nos anos 70, na Copa Renault 4 da Colômbia e, somente após seis corridas, ele estava no segundo lugar da tabela. Obviamente, que um Renault 4 não é propriamente um automóvel para competições, pois o seu motor tinha apenas 24 cv e uma suspensão que fazia o automóvel adornar, quase até capotar, em cada curva.
 
Por esse motivo, Escobar queria algo com mais adrenalina, movendo-se para provas de maior velocidade. Foi então que adquiriu um Porsche 911 RSR de 1974. O mesmo que competiu nos EUA, no campeonato IROC de 1974, com Emmerson Fittipaldi ao comando. Após Fittipaldi, o 911 fez várias provas do IMSA, com diferentes pilotos e o último transformou o 911 RSR para um aspecto idêntico aos Porsche 935, com as cores da Martini.
 
Segundo consta, os automóveis de Escobar nunca estavam conforme os regulamentos que levavam a denúncias de alguns pilotos. Os mesmos eram prontamente ameaçados, tal como acontecia no mundo do narcotráfico em que Escobar se movimentava como “peixe na água”. Curiosamente Pablo quase conseguiu ser piloto de Fórmula 1, mas Bernie Ecclestone encontrou resíduos de droga nos papeis da inscrição e decidiu não o deixar participar.
 

previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
previous arrownext arrow
Slider

TAGS: Pablo Escobar


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment