Sete filmes de automóveis pouco conhecidos e ideais para ver durante a quarentena

LifeStyle 23 Mar 2020

Sete filmes de automóveis pouco conhecidos e ideais para ver durante a quarentena

A fase que atravessamos neste momento não é particularmente fácil, tudo porque temos de estar confinados à nossa casa, evitando saídas desnecessárias e passeios para espairecer, sem podermos ver o nosso desporto favorito, pois está tudo suspenso. Desse modo há que arranjar maneira de passar o tempo e podemos utilizá-lo para vermos filmes de automóveis, mas não aqueles mais conhecidos, como Velocidade Furiosa, ou o Bullitt, ou Le Mans, ou Gone in Sixty Seconds mas sim aproveitar para ver aqueles menos conhecidos. Seguem-se a lista da Hagerty de sete filmes de automóveis pouco conhecidos e que merecem serem vistos.

The Racers (1955)


 
Baseado num romance com o mesmo nome, o motorista de autocarros Gino Borgesa, interpretado por Kirk Douglas, sonha em ser piloto de Fórmula 1, mas com a sua forma obcecada em vencer, ele consegue afastar todos os seus amigos e colegas. Foi então que conheceu a bailarina Nicole Laurent, interpretada por Bella Darvi, quando o seu cão entrou na pista e Gino despistou-se para não acertar nele. Com o romance entre ambos as suas prioridades mudaram. As corridas desenrolam com alguma naturalidade, obviamente estamos a falar de um filme dos anos 50 e os efeitos especiais não eram muito avançados. Em Portugal foi lançado a 20 de Outubro de 1955 como Estes Homens São Perigosos.

Thunder Road (1958)


 
Este filme retrata um pouco a história do piloto Junior Johnson que passou de contrabandista de álcool, participando em várias competições ilegais, a piloto da NASCAR. No filme, Luke Doolin, interpretado por Robert Mitchum, participa em várias corridas ilegais entre contrabandistas de álcool, após retornar da Guerra da Coreia. As corridas eram executadas com o seu Ford Coupé de 1950, com um motor V8 modificado e com três carburadores duplos. Após a venda deste, Luke passou a conduzir um Ford Fairlane 500 de 1957. Robert Mitchum além de ser o actor principal do filme, também teve um papel importante na produção e escrita das cenas e da música para o filme. Em Portugal este filme foi lançado sob o nome Beco Sem Saída.

Speedway (1968)


 
Este é um filme com os ingredientes perfeitos, pois conjuga Elvis Presley, Nancy Sinatra, música e corridas de NASCAR. Elvis, que interpreta a personagem Steve Grayson, tem uma carreira fantástica nas corridas, com vários troféus obtidos e nada pode fazer estragar a reputação. Até que encontrou uma linda agente governamental Susan Jacks, interpretada por Nancy, que era paga para espiar Steve devido às suas dívidas. Mas ambos acabam por se apaixonar dando um belo romance. As filmagens aconteceram no circuito Charlotte Motor Speedway e foram vários os pilotos da época a ingressar nas filmagens, como Richard Petty, Buddy Baker, Cale Yarborough, Tiny Lund, entre outros. Steve Grayson utiliza um Dodge Charger como o seu automóvel de competição. Por cá foi lançado a 15 de Novembro de 1968 como Amor e Corridas.

Winning (1969)


 
Este filme tem como papel principal o piloto e actor Paul Newman, interpretando a personagem Frank Capua que persegue o sonho de vencer a corrida Indianapolis 500, correndo o risco de perder a sua esposa para o seu rival que, por coincidência, era a verdadeira mulher de Paul, Joanne Woodward, que interpretava a personagem Elora Capua. Foi com este filme que Paul ganhou a paixão pelo desporto motorizado, quando treinava na Bondurant Racing School com pilotos como Bob Sharp e Lake Underwood. Só chegou a Portugal a 18 de Março de 1970 sob o nome de A Grande Competição.

Two-Lane Blacktop (1971)


 
Este é bom filme dos anos 70, onde as personagens principais são músicos de renome da época, James Taylor e Dennis Wilson, baterista dos The Beach Boys. James é o mecânico e Dennis o condutor. Só a descrição diz muito sobre o filme “Their lives begin at 140mph”. Até a própria revista Esquire pôs o filme da sua capa lançada em Abril de 1971. Com automóveis como um Chevrolet 150 de 1955 para drag e um Pontiac GTO para as corridas de rua, já diz muito sobre o filme. O filme só seria relançado em Portugal a 20 de Fevereiro de 1998 sob o título A Estrada Não Tem Fim.

Greased Lightning (1977)


 
Este é um filme que, infelizmente, não teve o devido valor, que conta a história verídica de Wendell Scott, um taxista que ficou na história por se tornar no primeiro afro-americano a vencer uma corrida na NASCAR, sofrendo bastante com o racismo, mas nem isso o impediu de prosseguir. No filme Wendell é interpretado por Richard Pryor. A história é filmada nas pitas de Athens Speedway e Middle Georgia Raceway, ambas as pistas desactivadas nos dias de hoje. Este filme teve em Portugal o nome Um Louco ao Volante.

The World’s Fastest Indian (2005)


 
De todos este é o filme mais recente, que conta a história, baseada em factos reais, de Burt Munro, interpretado no filme por Anthony Hopkins, que ao longo dos anos esteve a aperfeiçoar a sua moto para atingir a maior velocidade possível em Bonneville Salt Flats, em Utah. A mota em questão é uma Indian Scout dos anos 20 e toda a história é passada em 1967, conseguindo bater o recorde a uma velocidade de 324,847km/h. Só chegaria a Portugal no dia 25 de Maio de 2006 como Indian – O Grande Desafio.


TAGS: Graesed Lightning Speedway The Racers The World's Fastest Indian Thunder Road Two-Lane Blacktop Winning


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment