Carrozzeria Pininfarina, 90 anos de inspiração

Clássicos 16 Mar 2020

Carrozzeria Pininfarina, 90 anos de inspiração

Por Tiago Nova

A longa lista de automóveis desenhados pela Pininfarina confirma a qualidade da empresa fundada por Battista “Pinin” Farina em 1930, em Turim. Não esquecendo, que a certa altura, quase todos os Ferrari tinham a assinatura da Carrozzeria Pininfarina e só isso, diz muito à cerca da empresa italiana. Todos os automóveis são marcados pelas proporções correctas e linhas fluídas, inspiradas nas formas da neve que cobre as montanhas italianas, quando tocada pelo vento.
 
Outro dos grandes motivos da Pininfarina ter atingido o culto, por entre os fãs de automóveis, foi o facto de ter sido das primeiras empresas a instalar um túnel de vento, em 1972, e com isso, criou formas de automóveis lindíssimas. Mas a história da Pininfarina não são só automóveis, pois esta empresa concebeu também comboios de alta velocidade, autocarros, jactos privados, aviões, iates, entre outros.
 
Battista Farina, “Pinin” como era conhecido, saiu da empresa do irmão, que se dedicava ao fabrico de carroçarias, em 1928 e logo de seguida começou a angariar fundos para a abertura da sua própria empresa, com a ajuda da família da sua mulher e de Vincenzo Lancia, o fundador da marca italiana com o mesmo nome. Tal aconteceu a 22 de Maio de 1930, nascendo assim a Società Anonima Carrozzeria Pinin Farina. Durante os anos 30, a empresa produziu carroçarias para a Alfa Romeo, Lancia, Isotta Fraschini, Hispano-Suiza, Fiat, Cadillac e Rolls-Royce. Mas o grande feito desta década foi a construção das primeiras carroçarias monocoque, em conjunto com a Lancia. Em 1939, com o despoletar da Segunda Guerra Mundial, mas com 400 empregado a trabalhar, a Pinin Farina produz 150 carroçarias, especialmente para ambulâncias, até esta ser destruída por bombardeamentos e cessar a sua produção.
 

 
Após a Guerra, a Itália foi banida do Salão Automóvel de Paris, mas Battista e o seu filho Sergio, foram a conduzir dois exemplares carroçados pela Pinin Farina, um Alfa Romeo 6C 2500 S e um Lancia Aprilia Cabriolet, de Turim a Paris, para estacionarem à frente da exibição e assim, os seus automóveis foram o centro das atenções. No final de 1945, Pinin Farina concebeu a bela carroçaria para o Cisitalia 202 Coupé, que lhe valeram as honras do Museu da Arte Moderna, chamando a atenção da Nash-Kelvinator, para desenvolver carroçarias para a marca americana.
 
A parceria entre a Pinin Farina e a Ferrari iniciou-se em 1951, num restaurante em Totona, uma pequena cidade entre Modena e Turim. Desde essa altura, somente o Dino 308 GT4 de 1973 e o LaFerrari de 2013 não foram desenhados pela empresa de Turim. O Ferrari F12 Berlinetta foi o último, terminando a sua produção em 2017.
 
Em 1955 a Pinin Farina moveu-se para uma fábrica de maiores dimensões, para responder ao maior número de encomendas. Com isto, conseguiu iniciar a produção de automóveis a uma maior escala, sendo o primeiro automóvel o Alfa Romeo Giulietta Spider.
 

 
Em 1961, Battista passou a empresa para o seu filho Sergio e para o seu genro Renzo Carli. Nesta mesmo altura pediu autorização para mudar o seu apelido para Pininfarina. O governo aceitou e a empresa adoptou o mesmo nome, passando a designar-se Pininfarina. Em meados da década de 60, a Pininfarina começou a investir na ciência do design automóvel, uma estratégia que a fez distanciar-se das demais carrozzerias. Em 1966 abriu o departamento Studi e Ricerche, em Grugliasco, capaz de produzir 25 protótipos por ano, seguindo-se, em 1967, o Centro de Pesquisa e Design. Estes departamentos foram todos melhorados com a introdução do túnel de vento, em 1972.
 
A década de 80 foi bastante próspera para a empresa, com muita actividade, como a produção do Cadillac Allanté. Nos anos 90, a Pininfarina entrou em negociações com a Mitsubishi e daí resultou a produção do Pajero Pinin. Como já era tradição, a Pininfarina produzia modelos descapotáveis e desportivos para a Peugeot e o mesmo se passou com o 406 Coupé, tendo a seu cargo o design e a produção. Já no novo milénio, abriu um centro de engenharia, em Outubro de 2002. Em 2003 cooperou com a Volvo, resultando na Pininfarina Sverige AB para a produção do Volvo C70.
 

 
Apesar de toda esta prosperidade, a crise económica de 2008 abalou imenso a Pininfarina, com perdas abruptas. Em Abril cinco investidores entraram no capital da empresa, sendo eles Piero Ferrari, Alberto Bombassei (presidente da Brembo), a família Marsiaj (fundadores da Sabelt), Vincent Bolloré e Ratan Tata (presidente do Grupo Tata). A 10 de Dezembro de 2011, a Pininfarina decidiu acabar com toda a produção automóvel, sendo que, os últimos modelos produzidos foram os Alfa Romeo Brera e Spider, em Novembro de 2010. Em 2015, a Mahindra Group adquiriu a Pininfarina, ficando como accionista maioritário. A 27 de Novembro de 2018, foi anunciado que a Pininfarina, agora denominada Automobili Pininfarina, irá iniciar a produção de veículos eléctricos de luxo e desportivos.
 
Importa salientar que a Pininfarina continua a ser uma empresa familiar, pois após a passagem do testemunho do fundador para o seu filho, Sergio Pininfarina, este manteve-se até 2001. Posteriormente, foi o neto do fundador, Andrea Pininfarina, a tomar a rédeas da empresa até ao seu falecimento em 2008. O CEO da empresa passou a ser o seu irmão mais novo, Paolo Pininfarina, que se mantém no cargo até hoje.
 
Da história de 90 anos da empresa, vários foram os designers de renome que passaram pelos ateliers da Pininfarina. Como exemplo, Franco Scaglione, Tom Tjaarda, Filippo Sapino, Paolo Matin e Pietro Camardella.
 
Percorra a galeria abaixo e confira alguns dos automóveis onde a Pininfarina interveio, tanto no desenho, como na produção.
 

Padri e figli
alfa_romeo_6c_2500_ss_cabriolet_sport_pinin_farina
alfa_romeo_6c_2500s_pinin_farina_cabriolet_1
alfa_romeo_8c_2900b_pinin_farina_cabriolet_3
alfa_romeo_1900_ti_pinin_farina_coupe_5
alfa_romeo_giulietta_spider_prototipo_4
alfa_romeo_gtv_alfa_romeo_spider_8
alfa_romeo_spider_89
alfa_romeo_spider_1300_junior_2
autowp.ru_volvo_c70_t5_21
bentley_r-type_continental_coupe
cadillac_allante_2
cadillac_v16_452_speedster_by_pininfarina_2
cisitalia_202_1
ferrari_250_gt_berlinetta_passo_corto_lusso_9
ferrari_250_gt_coupe_prototipo_21
ARTS FERRARI
ferrari_458_mm_speciale_1
ferrari_458_speciale_a_6
Ferrari_Dino_berlinetta
ferrari_enzo_22
ferrari_f40_prototype_1
F50
ferrari_gto_66
ferrari_p4_5_5
Fiat V 8 coupe Pininfarina
fiat_124_sport_spider_13
fiat_130_coupe_4
fiat_coupe_20v_turbo_limited_edition_1
fiat_dino_spider_2400_1
ford_v8_pinin_farina_cabriolet_3
jaguar_xj220_pininfarina_1
lancia_aurelia_pf200_coupe_1
lancia_beta_montecarlo_3
lancia_flavia_coupe_1
lancia_rally_9
maserati_a6_1500_cabriolet_prototype_1
maserati_a6gcs_53_berlinetta
maserati_granturismo_s_mc_sport_line_au-spec_18
mercedes-benz_300b_pininfarina_coupe_1
Mitsubishi Colt Cabriolet
mitsubishi_shogun_pinin_8
nash-healey_le_mans_coupe_3
Paolo_martin_at_work
peugeot_205_cabrio_6
peugeot_404_cabriolet
peugeot_405_sedan
peugeot_406_coupe_preserie
peugeot_504_coupe_5
PietroCamardellaDrawingMYTHOS
Pininfarina_1
rolls-royce_camargue_eu-spec_1
rolls-royce_phantom_ii_limousine_by_pinin_farina_1
talbot_samba_cabriolet_3
Usine_Pininfarina_406_coupe
wolseley_38
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Padri e figli
alfa_romeo_6c_2500_ss_cabriolet_sport_pinin_farina
alfa_romeo_6c_2500s_pinin_farina_cabriolet_1
alfa_romeo_8c_2900b_pinin_farina_cabriolet_3
alfa_romeo_1900_ti_pinin_farina_coupe_5
alfa_romeo_giulietta_spider_prototipo_4
alfa_romeo_gtv_alfa_romeo_spider_8
alfa_romeo_spider_89
alfa_romeo_spider_1300_junior_2
autowp.ru_volvo_c70_t5_21
bentley_r-type_continental_coupe
cadillac_allante_2
cadillac_v16_452_speedster_by_pininfarina_2
cisitalia_202_1
ferrari_250_gt_berlinetta_passo_corto_lusso_9
ferrari_250_gt_coupe_prototipo_21
ARTS FERRARI
ferrari_458_mm_speciale_1
ferrari_458_speciale_a_6
Ferrari_Dino_berlinetta
ferrari_enzo_22
ferrari_f40_prototype_1
F50
ferrari_gto_66
ferrari_p4_5_5
Fiat V 8 coupe Pininfarina
fiat_124_sport_spider_13
fiat_130_coupe_4
fiat_coupe_20v_turbo_limited_edition_1
fiat_dino_spider_2400_1
ford_v8_pinin_farina_cabriolet_3
jaguar_xj220_pininfarina_1
lancia_aurelia_pf200_coupe_1
lancia_beta_montecarlo_3
lancia_flavia_coupe_1
lancia_rally_9
maserati_a6_1500_cabriolet_prototype_1
maserati_a6gcs_53_berlinetta
maserati_granturismo_s_mc_sport_line_au-spec_18
mercedes-benz_300b_pininfarina_coupe_1
Mitsubishi Colt Cabriolet
mitsubishi_shogun_pinin_8
nash-healey_le_mans_coupe_3
Paolo_martin_at_work
peugeot_205_cabrio_6
peugeot_404_cabriolet
peugeot_405_sedan
peugeot_406_coupe_preserie
peugeot_504_coupe_5
PietroCamardellaDrawingMYTHOS
Pininfarina_1
rolls-royce_camargue_eu-spec_1
rolls-royce_phantom_ii_limousine_by_pinin_farina_1
talbot_samba_cabriolet_3
Usine_Pininfarina_406_coupe
wolseley_38
previous arrow
next arrow

TAGS: Pinin Farina Pininfarina


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment