Colecção de seis modelos Lancia à venda por mais de 6,7 milhões de euros

Mercado 29 Jan 2020

Colecção de seis modelos Lancia à venda por mais de 6,7 milhões de euros

A Lancia de hoje está muito diferente da Lancia do que era antigamente, sendo uma marca praticamente extinta. Hoje já só se ouve falar nos feitos que a marca conquistou, nos automóveis magníficos que produziu, mas acima de tudo é lembrada como uma marca com bastante história no desporto automóvel, principalmente nos ralis, mas também na velocidade.
 
E quando se pensa na Lancia em competição, vem logo à memória os automóveis da marca com as fantásticas decorações da Martini. As decorações da Martini ficam sempre bem em qualquer automóvel, mas nos modelos da Lancia ficam ainda melhor.
 
Está à venda uma colecção de seis modelos Lancia, todos eles com decoração da Martini. Estes modelos estão na Girardo & Co., em Londres, e pertencem à colecção de John Champion, o preço base ultrapassa os 6.7 milhões de euros, em média mais de um milhão de euros por automóvel. A licitação terminará no final do ano e só será vendida a colecção completa. Todos os automóveis estão prontos a ser utilizados e certificados pela Abarth Classiche.
 
De entre os modelos, estão dois monstros do Grupo B, um Delta S4 Corsa e um dos apenas 20 exemplares do 037 Evo 2. O Lancia 037 foi utilizado como automóvel de treinos de Markku Alén em 1984. O Delta S4 Corsa foi o mesmo que venceu o Rally 1000 Miglia em 1986, pelas mãos de Dario Cerrato sob a égide do Jolly Club. Continuando nos ralis, está também presente um Delta HF Integrale 8V de Grupo A, que tem no seu palmarés 36 vitórias em etapas e dois campeonatos, estando com a decoração do Rallye de Portugal de 1988, rali do qual saiu vitorioso pelas mãos de Miki Biasion.
 
Passando para os modelos de velocidade, está presente um Lancia LC1 de Grupo 6, um de apenas quatro exemplares construídos, que foi utilizado nas 24h de Le Mans e nos 1000 km de Nürburgring de 1982, com os pilotos Michele Alboreto, Riccardo Patrese e Teo Fabi. Segue-se o Lancia LC2 de Grupo C, automóvel que conquistou a Pole-Position nos 1000 km de Kyalami em 1984, com os pilotos Henri Pescarolo, Alessandro Nannini e Bob Wollek. O último automóvel é o Lancia Beta Montecarlo Turbo de Grupo 5, que participou nas 24h de Le Mans de 1981, sendo a primeira participação da marca italiana na prova, desde o Lancia Aurelia.
 

previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
previous arrownext arrow
Slider

TAGS: Girardo & Co Lancia Martini


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment