Família percorre o mundo há 20 anos num Graham-Paige de 1928

LifeStyle 18 Jan 2020

Família percorre o mundo há 20 anos num Graham-Paige de 1928

Quando se pensa em fazer viagens longas, os automóveis modernos são os mais apetecíveis, devido ao melhor refinamento, conforto e fiabilidade, apesar de nem sempre ser assim. Mas, este não é o caso da família Zapp, da Argentina, que há vinte anos que percorrem o Mundo num Graham-Paige de 1928, numa aventura onde já percorreram mais de 100 países e mais de 380.000km.
 
Tudo começou no ano 2000, quando Herman Zapp e Candelaria Chovet casaram e decidiram ter uma lua de mel longa e diferente do habitual. Inicialmente, a ideia seria durar apenas seis meses, tempo para ir ao Alasca, no entanto, estamos em 2020 e o casal está a terminar agora a sua longa lua de mel.
 
Entretanto e durante a longa viagem, a família aumentou, com cada um dos filhos nascidos em países diferentes. O primeiro filho nasceu nos Estados Unidos, o seguinte na Argentina, o terceiro no Canadá e o quarto na Austrália. No continente americano a família ficou por três anos e meio, tendo decidido ir para o outro extremo do planeta. Entre a Oceania e a Ásia foram seis anos, onde passaram por países como a Malásia, Japão, Nova Zelândia, Indonésia, entre outros. Mas foi em África onde viveram os momentos mais intensos e emocionantes.

 
Com esta experiência, o casal decidiu escrever um livro, que já vai na sua 14ª edição, traduzido para quatro línguas. Com a venda do livro conseguiam ir financiando a viagem, além de venderem todo o tipo de utensílios em várias feiras.
 
Sobre o automóvel utilizado e como foi dito acima, trata-se de um Graham-Paige de 1928, um automóvel com 92 anos e que não passa dos 70 km/h, equipado com um motor de seis cilindros em linha de 62 cv. A Graham-Paige foi uma marca americana, fundada em 1927, pelos irmãos Joseph, Robert e Ray Graham, que já tinham fundado uma empresa de vidro. A produção automóvel cessou em 1940, só foi reaberta para a produção de veículos militares para a Segunda Guerra Mundial e, em 1947, os activos da marca foram adquiridos pela Kaizer-Frazer. A linha de produção da Graham-Paige seria vendida à Chrysler. No entanto, o nome continuaria a ser utilizado para compra de propriedades, até 1962.
 

previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
previous arrownext arrow
Slider

TAGS: Candelaria Chovet Graham-Paige Herman Zapp


PARTILHAR:

5
Deixe um comentário

Please Login to comment
4 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
4 Comment authors
Alberto Fadigatti FadigattiVitor FrancoAutorCarlos Recent comment authors
Alberto Fadigatti Fadigatti
Visitante
Alberto Fadigatti Fadigatti

Desculpem CHEGAM em São Paulo em 30 dias mais ou menos

Alberto Fadigatti Fadigatti
Visitante
Alberto Fadigatti Fadigatti

Estão na Bahia e chegam no Brasil em 30 dias mais ou menos

Vitor Franco
Visitante
Vitor Franco

Qual o nome do livro?

Carlos
Visitante
Carlos

Só quero saber como fazem para ter seguro do carro e a Inspeção Anual válidos?

Autor
Visitante

Eles nao fazem, simplesmente isso, a placa Argentina permite que fique até 180 dias no pais sem necessitar de regulamentação com o pais, nas épocas que eles ficam “parados” eles fazem a placa do local e rodam normalmente, um documento nao sobrescreve outro, “Seguro do carro” que piada