RM Sotheby's leva a leilão Lotus Esprit da primeira série

Mercado 30 Nov 2019

RM Sotheby’s leva a leilão Lotus Esprit da primeira série

O Lotus Esprit entrou em produção em Junho de 1976, substituindo o Lotus Europa, e causou furor pelas linhas imaginadas por Giorgetto Giugiaro e pela sua construção leve para um GT. Manteve-se em produção até 2004, com várias alterações que não desvirtuaram o design original.
 
Colin Chapman, o fundador da Lotus, sempre disse que produzia os automóveis que gostava de ter, não é de estranhar, que com a idade a avançar, os GT tornam-se os desportivos mais adequados, daí o lançamento do Esprit. Este ficou bastante fascinado com o protótipo do Esprit apresentado por Giugiaro em 1972 e deu logo luz verde para a produção, sendo que, o modelo de produção foi apresentado em Outubro de 1975.
 
Este Lotus Esprit amarelo de 1978, pertence aos últimos exemplares da primeira série do modelo, do qual só foram produzidas 718 unidades. Estes primeiros Esprit eram equipados com um motor Type 907, de quatro cilindros em linha com 2,0 litros de cilindrada, 16 válvulas e dupla árvore de cames à cabeça, produzia 162 cv ou 142 cv na versão americana, para um peso de somente 998 kg. Devido ao baixo peso, faz com que atinja os 100 km/h em oito segundos e a velocidade máxima de cerca de 220 km/h. A potência é enviada para as rodas traseiras, através de uma caixa de cinco velocidades manual transaxle, extraída directamente do Citroen SM.

 
A direcção de pinhão e cremalheira é bastante directa, não sendo assistida, era uma referência na época. A suspensão independente nas quatro rodas, em conjunto com o chassis, dá um equilíbrio bastante bom ao automóvel, algo típico dos modelos Lotus, talhada para uma condução mais desportiva. O chassis backbone, como não poderia deixar de ser, era construído em aço, onde assentava a carroçaria em fibra de vidro. Os travões traseiros foram montados na zona central do automóvel, inboard.
 
A RM Sotheby’s oferece me leilão este Lotus Esprit, com o chassis número 78010621H, numa venda levada a cabo em Arizona, de 16 a 17 de Janeiro de 2020. Tem alguns detalhes que não são originais, tais como a moca da alavanca das velocidades, as jantes e o sistema de som. No entanto, este Esprit só percorreu 110.820 km de 1978 até hoje.
 

previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
previous arrownext arrow
Slider

TAGS: Lotus Esprit RM Sotheby's


PARTILHAR:

Mais Populares

Deixe um comentário

avatar