O armazém abandonado que escondia uma colecção motociclos

Clássicos 23 Nov 2019

O armazém abandonado que escondia uma colecção motociclos

Esta é daquelas histórias que todos os entusiastas gostam de descobrir. Tudo começou quando alguém descobriu uma incrível colecção de motociclos e peças num armazém abandonado, localizado na cidade de Lockport, Nova Iorque, do qual já tinha desmoronado parte dos pisos superiores.
 
O edifício localizava-se perto de um canal, onde passavam várias pessoas, havendo várias peças espalhadas na parte de fora, desde depósitos a quadros de motas. Parece impossível como um edifício destes, que escondia um grande tesouro no interior, pudesse estar assim. Os motociclos que estavam no piso inferior encontravam-se com bastante ferrugem, devido à humidade, no entanto, os que estavam no piso superior pareciam impecáveis.
 
David, da DC Classic Cycles, estava intrigado sob o edifício, começando, desde logo, uma pesquisa intensiva para saber o que se passava. Descobriu o nome do proprietário, que já não ia ao edifício há alguns anos, isto porque tinha sido confiscado devido a pagamentos em atraso, estando por isso na posse da Câmara local. David continuou a sua pesquisa, pois queria salvar algumas daquelas motos, se não todas, mas o processo foi longo.

 
Após alguma persistência, David conseguiu saber a história. As motas foram coleccionadas por um individuo chamado Kohl, que adquiriu vários lotes de stands que fecharam. Em 1997, Kohl vendeu o edifício e o recheio a Frank, o actual proprietário, abrindo uma empresa de venda de motos e peças, que estavam no edifício, chamada Kohl’s Cycle Salvage. No entanto, com o passar dos anos, o edifício foi-se deteriorando e Frank pediu um orçamento para a sua requalificação, sendo esse valor bastante superior ao que poderia pagar. Frank já estava a pagar dívidas do anterior proprietário, mas quando o edifício começou a ruir, deixou de o fazer.
 
Em Novembro de 2010, a Câmara fez um ultimato a Frank, este tinha de retirar tudo o que pretendia do interior. Nessa altura, David começou a planear uma viagem ao local com um reboque, para trazer as motas que pudesse. Demorou cerca de seis horas para ver tudo o que estava no interior dos quatro pisos. Quando voltou pela segunda vez, para trazer mais motas, David foi surpreendido com dois contentores empilhados de motas, prontos para irem para a sucata.
 
Infelizmente, no dia 30 de Julho de 2013 o edifício foi consumido por um incêndio e tudo o que estava lá dentro foi perdido.
 

previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
previous arrownext arrow
Slider


PARTILHAR:

Mais Populares

Deixe um comentário

avatar