O mundo automóvel em miniatura

Automobilia 20 Out 2019

O mundo automóvel em miniatura

Por Irineu Guarnier

Quem aprecia automóveis clássicos e gostaria de ter uma coleção, mas não dispõe de recursos financeiros para isso, tem uma maneira divertida de reunir em pouco espaço uma frota particular dos sonhos de qualquer colecionador: miniaturas. Os melhores modelos, construídos em metal (die cast), plástico ou resina, em diferentes escalas, são reproduções muito fiéis dos veículos originais.
 
Se você pensa em começar uma coleção, deixo algumas dicas.
 
Existem modelos colecionáveis em diversas escalas. As mais comuns são 1:43, 1:32, 1:24 e 1:18. A preferida dos colecionadores em todo o mundo é a 1:43. É também a que oferece a maior diversidade de modelos. Porém, nessa escala, nem sempre portas e capôs abrem, e, às vezes, os detalhes não são bons. Outra escala muito colecionada é a 1:18. Os modelos são maiores, portas e capôs geralmente abrem, e possuem mecânica e interiores mais detalhados.

 
Miniaturas não são brinquedos. Os carrinhos são frágeis, e possuem acessórios, como espelhos e antenas, que podem facilmente se soltar. Por isso, devem ficar longe do alcance de crianças.
 
Miniaturas são muito suscetíveis à poeira e ao manuseio. Por isso, devem ser conservadas em uma estante ou armário envidraçados, que permitam a sua visualização sem a necessidade de limpezas frequentes. Para limpar a poeira acumulada, o melhor é usar um pincel de maquiagem e o jato (frio) de um secador de cabelo.
 

 
A oferta de modelos colecionáveis é imensa. O ideal é estabelecer desde o início uma escala para a sua coleção. Uma coleção mais “profissional” não deve ter carrinhos em diferentes escalas. Outra medida interessante é escolher um “tema”. Por exemplo: clássicos esportivos das décadas de 40 a 60. Muscle cars americanos. Ou viaturas militares. Com o tempo, você pode ampliar as categorias.
 
Existem diversos sites e fóruns de colecionadores de miniaturas na internet. Há, também, muitas lojas virtuais com catálogos amplos, e um movimentado mercado de compra, venda e troca de carrinhos usados. Mas, um lembrete: dependendo da escala e do material que você escolher (Metal, plástico ou resina), este não é um hobby barato. Boas miniaturas em metal, principalmente na escala 1:18, de marcas famosas internacionalmente, podem custar bem caro.


Irineu Guarnier Filho é brasileiro, jornalista especializado em agronegócios e vinhos, e um entusiasta do mundo automóvel. Trabalhou 16 anos num canal de televisão filiado à Rede Globo. Actualmente colabora com algumas publicações brasileiras, como a Plant Project e a Vinho Magazine. Como antigomobilista já escreveu sobre automóveis clássicos para blogues e revistas brasileiras, restaurou e coleccionou automóveis antigos.



PARTILHAR:

1
Deixe um comentário

Please Login to comment
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
GABRIEL LLAMBIAS Recent comment authors
GABRIEL LLAMBIAS
Visitante
GABRIEL LLAMBIAS

Me llamo Gabriel Llambias y vivo en Menorca(islas Baleares) tengo 73 años y colecciono desde los 14 años. De la colección que tengo a los que les tengo mas cariño son a los Dinky Toys porque son con los que jugaba en los años 1960-1963. Como curiosidad les dire que los Dinky los comprabamos en Andorra puesto que en España no estaban a la venta.Un cordial saludo.