McLaren 675 LT MSO: O mais exclusivo automóvel de série da marca

Modernos 04 Out 2019

McLaren 675 LT MSO: O mais exclusivo automóvel de série da marca

Por Hélio Valente de Oliveira

O 675 LT foi apresentado em 2015 no Salão de Genebra. Na altura era o mais leve, mais potente, mais rápido e o mais orientado para uma utilização em pista de toda a gama da marca. A sua designação, LT, presta homenagem ao nome mais reverenciado no panorama da competição GT – Longtail, ou Cauda Longa. É também dos mais exclusivos, com somente 500 unidades produzidas.
 
O foco do LT foi bem definido, entregar a prestação, o empenho e a excitação máxima. Para o conseguir, o peso foi reduzido em 100 kg, através do uso extensivo de fibra de carbono, o material de eleição da McLaren, e componentes mais leves, um pouco por todos os diferentes sistemas deste 675. Inclui ainda uma suspensão com uma geometria completamente nova derivada do McLaren P1. A potência do motor, um V8 com 3.8 litros de capacidade, desenvolvido especificamente para este modelo, é de 675 cv, com um binário de 700 Nm, entre as 5500-6500 rpm.
As medidas de redução de peso resultam num peso total de 1230 Kg. A aceleração dos 0-100 km/h demora apenas 2.9 segundos e 5 segundos depois, os 200 km/h são atingidos.
 
A nova carroçaria, também em fibra de carbono, minimiza o peso e optimiza a aerodinâmica, com a adopção de um novo deflector dianteiro e a secção traseira com um novo desenho. Ambas contribuem para o aumento significativo do nível de downforce, na ordem dos 40%, a partir do já eficaz 650S.

 
Apesar de ser consideravelmente mais rápido que o seu antecessor, o 675 manteve a facilidade de utilização e praticabilidade. Desenhado para se sentir mais à vontade em pista, o compromisso no conforto foi muito pouco alterado. Equipado com bancos forrados em Alcantara, sistema de som de alta-fidelidade e navegação de série, o sistema de ar condicionado foi sacrificado na procura da poupança de peso. Podia no entanto ser encomendado como opção sem custos.
 
Considerado como o modelo mais parecido com o célebre P1, pelo nível de emoções que oferecia, o 675 era consideravelmente mais barato, cerca de quatro vezes mais.
 
Este e outros supercarros podem ser vistos na exposição temporária “Supercarros”, patente no Museu do Caramulo.
 
Veja a galeria em baixo com algumas das melhores imagens do McLaren 675 LT MSO.
 

previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
previous arrownext arrow
Slider

 
Fotografias: Joel Araújo


TAGS: McLaren 675 LT MSO


PARTILHAR:

Mais Populares

Deixe um comentário

avatar