Motor que equipou o icónico F40 está à venda no eBay

Mercado 11 Set 2019

Motor que equipou o icónico F40 está à venda no eBay

Um motor Ferrari à venda nunca é comum, muito menos quando se trata de um motor F120 que equipou o lendário F40. Acontece que está um desses motores à venda no eBay, de 1990, pela módica quantia de quase 390.000€, este preço inclui os turbos e colectores. O vendedor é do estado da Flórida, nos EUA e nunca se sabe se poderá fazer jeito a alguém, tanto para ter um motor suplente, para fazer um swap, ou mesmo para o por em exposição na sala, já que é uma obra de arte esplêndida.
 
O Ferrari F40 fica para a história, não só pela sua performance, mas também porque foi o último automóvel aprovado pelo próprio Enzo Ferrari, para comemorar os 40 anos da marca, antes de este falecer. Para propulsionar este automóvel foi instalado o motor V8 twin-turbo oriundo do antecessor, o Ferrari 288 GTO, mas agora mais evoluído.
 
Este motor F120A é um V8 a 90 graus todo em alumínio, com 2936cc de cilindrada e está equipado com sistema de lubrificação por cárter seco, dois turbos IHI arrefecidos a água, dois intercoolers Behr para diminuir a temperatura de admissão, duas árvores de cames à cabeça em cada bancada de cilindros, quatro válvulas por cilindros e ignição electrónica Weber-Marelli. A taxa de compressão é de 7.7:1 e tem um diâmetro e curso de 82×69.5mm. Tudo isto para debitar 478 cv às 7000 rpm e 577 Nm de binário às 4000 rpm.
 
Os motores sofreram algumas alterações, ao longo do período de vida do F40, de 1987 a 1992, com a maior de todas a acontecer em 1990, quando os F40 americanos ganharam sistemas de catalisadores, para cumprir com as normas anti-poluição dos EUA. Apesar disso, a potência foi aumentada, para não interferir nas performances do F40, para os 484 cv. Estes motores receberam o código de F120D.
 
O motor Tipo F120 era montado na zona central do F40, atrás dos bancos, fazendo este chegar aos 100 km/h em pouco mais de quatro segundos e atingir cerca de 320km/h de velocidade máxima. Estes números são possíveis graças ao baixo peso do automóvel, com 1369 kg, devido à carroçaria quase na totalidade produzida à base de materiais compósitos e não vinha equipado com sistema de som, porta-luvas, carpetes, painéis nas portas, nem puxadores, somente existia uma fivela, tudo resumido ao essencial. No total foram produzidos 1311 exemplares do F40.
 

Classificados

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube