Morreu Santos Pêras, a lenda do automobilismo angolano

Competição 01 Ago 2019

Morreu Santos Pêras, a lenda do automobilismo angolano

Por Francisco Lemos Ferreira

Faleceu hoje em Lisboa, Santos “Pêras” uma verdadeira lenda do desporto motorizado angolano, com diversas participações em karts, motas e automóveis. O automóvel mais emblemático que pilotou em Angola foi o Alfa Romeo 33/2 nº 0015, que tinha sido pilotado anteriormente por António Peixinho na equipa da Socoina. Correu em Portugal várias vezes, nomeadamente em Vila Real.
 
Santos Peras é assim descrito pelo seu amigo piloto e jornalista Hélder de Sousa: “A família dos automóveis ficou mais pobre. Morreu hoje em Lisboa um das maiores figuras do automobilismo angolano, o inesquecível Santos Pêras.”
 
Um “piloto duro de bater, mas sempre correcto, “O Pêras” guiou tudo o que tinha rodas, sempre com muito sucesso, desde os karts às motos. Mas foi nos automóveis que ele se notabilizou, não só ao volante mas também como técnico competente, actividade que ele manteve depois de abandonar as pistas. Muito rápido, ela sabia impor a sua presença em pista. Tive o prazer de correr com ele em várias provas.”
 
Esteve presente na comemoração dos 45 anos da inauguração do autódromo de Luanda, em representação da Federação Angolana de Desportos Motorizados. Para Hélder Sousa, Santos Pêras “estará sempre presente na memória de todos nós que tivemos o privilégio de conviver com ele.”
 

previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
previous arrownext arrow
Slider

TAGS: Santos Peras; Angola; Alfa Romeo 33/2 nº 0015


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment