Um templo japonês em Cascais

Clássicos 24 Jun 2019

Um templo japonês em Cascais

Por Francisco Lemos Ferreira

Para trás ficam anos de paixão pelas corridas e pelos carros japoneses, começou por um Toyota KE 20 mas depressa passou para os Datsun 1200 e desde aí ficou umbilicalmente ligado à emblemática marca japonesa surgida em 1933, subsidiária da Nissan Motor Company,
 
Com as corridas nas veias por influência da família desde Angola, Rusty Roger é um verdadeiro apaixonado por clássicos da marca Japonesa tornando-se mais tarde também piloto profissional.
 

previous arrownext arrow
Slider

 
Na sua garagem podemos ver vários exemplares Datsun que ao entrar podemos classificar como um verdadeiro templo japonês onde Rusty Roger continua a desenvolver as suas habilidades como restaurador especializado e preparador.
 
No entanto a sua veia competitiva leva-nos a um recanto da garagem onde está o Datsun 1200 de competição que marca presença inúmeras vezes em autódromos no Campeonato Nacional de Clássicos. Rusty é o homem que mais fez retomar Datsuns há estrada e provavelmente o homem com mais km percorridos nas estradas nacionais ao volante de automóveis Datsun nos últimos 15 anos… Correndo o país de lês a lês, sempre para prestar a sua ajuda a projectos de corridas, quer a um Datsun de um senhor de idade em apuros, ou de jovens com o primeiro carro que vivem no interior e não contam com qualquer auxílio e onde Rusty se desloca desde que haja almoço!
 
Numa altura em que Portugal é provavelmente a quarta ou quinta potência mundial logo atrás do Japão, Austrália, África do Sul no que a mercado Datsun, temos entre os inúmeros amantes de automóveis japoneses este entusiasta especial a quem ouvimos chamar, Mister 1200, Doctor Datsun devido à projecção nacional sendo patrocinado por marcas japonesas e recebendo inúmeras visitas de estrangeiros conceituados no meio.
 
Estando também ligado ao clube dos amigos dos japoneses antigos onde faz sempre representação da marca e tem também nos dias de hoje uma forte ligação a equipa de corridas que seguia em jovem nos jornais por usarem Datsuns.
 
previous arrownext arrow
Slider

 
O seu lema é a fiabilidade da marca e acreditar nos produtos japoneses do séc XX e tem como seu daily driver uma belíssima pick-up sul africana 1398 cm3 com caixa de cinco a mostrar-se verdadeiramente entusiasmante|
 
Aqui celebram-se os clássicos, onde os amigos se ajudam mutuamente e restauram os seus clássicos Datsun num ambiente old school, levam peças para reparar em casa durante a semana e montar ao fim de semana.
 
Um local de culto!


TAGS: Datsun; Rusty Roger


PARTILHAR:

2
Deixe um comentário

Please Login to comment
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
Paulo AraújoCarlos Rodrigues Alves Recent comment authors
Paulo Araújo
Visitante
Paulo Araújo

Bom dia,
Podem enviar-me o contacto do Dusty Roger para o meu e-mail: paulomanuelaraujo@portugalmail.pt.

Obrigado

Paulo Araújo

Carlos Rodrigues Alves
Visitante
Carlos Rodrigues Alves

Qualquer comentário estragaria a simplicidade (conforme se pratica nos locais de culto Japoneses) do artigo.