Sete modelos Ferrari da colecção Ming vão a leilão em Agosto

Mercado 23 Jun 2019

Sete modelos Ferrari da colecção Ming vão a leilão em Agosto

O leilão da RM Sotheby’s em Monterey  irá ter mais um atractivo. Ao exemplar único do Porsche Type 64, ao Aston Martin de James Bond e ao Ferrari 250 GT SWB Berlinetta, juntam-se agora sete modelos da Ferrari, pertencentes à Colecção Ming, todos com baixa quilometragem e quase todos tiveram apenas um proprietário desde que foram vendidos novos.
 
A encabeçar a lista de modelos Ferrari, está um FXX de 2006, um automóvel desenvolvido com base no Enzo, mas focado somente para pista, tendo sido produzidos 30 exemplares. É um dos raros FXX a ser vendido ao público em geral. Foi terminado na cor Rosso Scuderia com duas listas brancas. Só foi utilizado uma única vez, no evento de entrega do FXX, na pista da Ferrari, em Fiorano. O automóvelfaz-se acompanhar do equipamento de telemetria, fato e capacete específicos, nunca utilizados. O valor estimado da venda está entre os 2,85 e os 3,25 milhões de dólares. A seguir ao FXX, o modelo mais raro é o Ferrari F40 de 1991 com certificado da Ferrari Classiche. Tem somente, no seu registo, dois donos, tendo-se junto à colecção Ming há 20 anos. Com 2744 km este modelo deverá ser vendido por 1,5 a 1,8 milhões de dólares.
 

 
De todos os seguintes Rosso Corsa, o mais raro é o Ferrari 512 BBi de 1984, com a particularidade de ter o filme de protecção original nas soleiras das portas, e o odómetro conta apenas com 4024 km de rodagem. Oferecido em leilão sem valor mínimo de reserva, estima-se que seja arrecadado por um valor entre os 350 e os 425 mil dólares. Levado também a leilão será também um Ferrari 308 GTSi de 1985, com cerca de 6437 km percorridos. Este automóvel foi vendido novo no Hollywood Sports Cars, na Califórnia, antes de se juntar à colecção Ming, em 2013. O valor estimado da venda ronda os 100 e os 150 mil dólares.
 
Os restantes modelos são mais recentes, estando presente um Ferrari F430 Spider F1 de 2007, produzido por encomenda para a Colecção Ming e cujo valor deverá rondar os 200 e os 250 mil dólares. Segue-se um Ferrari 458 Spider de 2013, com um valor entre os 225 e os 275 mil dóalres, equipado com vários extras específicos, como por exemplo suspensão Novitec, sistema de escape Akrapovic, detector de radar Escort iX Ci e painel de instrumentos com pormenores em fibra de carbono. Por último, o automóvel de estrada com menos quilómetros, o Ferrari F355 Spider de 1997, que se juntou à colecção em 2007, com somente 1132 km no odómetro, tem um preço estimado entre os 125 e os 150 mil dólares.
 

previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
previous arrownext arrow
Slider

TAGS: Ferrari Monterey 2019 RM Sotheby's


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment