24 Horas de Le Mans de 1969: A corrida que dava um filme

Clássicos 18 Jun 2019

24 Horas de Le Mans de 1969: A corrida que dava um filme

Por Bruno Machado

Há 50 anos, Jacky Ickx marcava a história das 24 Horas de Le Mans, com uma das mais belas vitórias de sempre, digna de um filme de Hollywood. O piloto belga, futuro “Monsieur Le Mans”, conquistava o primeiro dos seus seis triunfos no Circuito de La Sarthe.
 
Em 1969, tal como nas edições anteriores, as 24 Horas de Le Mans iniciam-se com todos os pilotos a atravessarem a pista rapidamente em direcção às suas máquinas. Todos menos um: Jacky Ickx, que, em vez de correr, decide andar tranquilamente até ao seu Ford GT40 do Team John Wyer, instalar-se no habitáculo, apertar o seu cinto de segurança e, só depois, arrancar.
 

 
Mais do que um acto de rebeldia ou provocação, trata-se de um protesto contra este modo de partida, emblemático, é certo, mas perigoso, lembrando ao público e sobretudo às autoridades desportivas que muitos pilotos, para ganhar uns segundos, arrancavam sem sequer apertar o cinto ou faziam-no já durante a prova. Exemplo disso, o acidente ocorrido na edição anterior, com outro piloto belga, Willy Mairesse, que não tinha apertado o cinto de segurança nem fechado a porta do seu GT40 convenientemente. Embora tenha sobrevivido ao acidente, as sequelas afastaram-no definitivamente das pistas. Willy Mairesse suicida-se pouco tempo depois, em Setembro de 1969.
 

 
Como é óbvio, Ickx arranca na última posição. É certo que o seu GT40 é fiável e competitivo, até porque ganhou a edição anterior da prova, com a dupla Pedro Rodriguez – Lucien Bianchi (tio avô de Jules Bianchi). Mas também é verdade que o Ford GT40 não é dos carros de corrida mais recentes, sobretudo face a um novo rival chamado Porsche 917, que impressionou toda a gente nos testes. Além dos dois 917, a Porsche conta também com quatro 908, modelo que tem vindo a dominar a temporada.
 

 
Logo na primeira volta, o Porsche 917 pilotado por John Woolfe despista-se em Maison Blanche, sendo depois atingido pelo Ferrari 312 de Chris Amon. Woolfe, que não tinha apertado o cinto, é ejectado para fora do automóvel e não sobrevive ao acidente.
 
O Ford GT40 da dupla Jacky Ickx – Jackie Oliver, que partiu em último lugar, sobe rapidamente na classificação, chegando à sétima posição ao fim de 4 horas e à terceira já a meio da prova. A Porsche domina claramente a corrida… até ao domingo de manhã, altura em que o 917 da dupla Vic Elford – Richard Attwood não sai das boxes devido a problemas na embraiagem. A corrida tem agora um novo líder: o Ford GT40 nº6 pilotado por Jacky Ickx.
 

 
Mas a equipa de Estugarda ainda não atirou a toalha ao chão. Atira sim, o Porsche 908 pilotado por Gérard Larousse que, mais leve e mais rápido que o GT40, consegue ameaçar a vitória de Ickx. Mas graças ao seu talento, o piloto belga consegue manter o seu Ford GT40 à frente e vencer a prova com uma vantagem de apenas 120 metros em relação ao Porsche 908.
 
Jacky Ickx partiu da última posição, para exigir mais segurança e sai recompensado com uma vitória mais do que justa. Seguiram-se mais cinco, mas foi nesta edição de 1969 que, definitivamente, Ickx se tornou uma lenda…
 


TAGS: 24 Horas de Le Mans Jacky Ickx


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment