Djet, o primeiro automóvel na linhagem da Matra

Clássicos 05 Jun 2019

Djet, o primeiro automóvel na linhagem da Matra

Por Marcos Santos

O Djet, lançado em 1965, foi o primeiro automóvel a utilizar a insígnia da Matra. Até então, a companhia francesa era conhecida por fabricar mísseis. Mas o chamamento do mundo automóvel foi mais longe e pegando na ideia e projecto de René Bonnet, surgiu o Djet, aprimorado pela Matra entre 1965 e 1967.
 
O modelo primava pelas linhas arrojadas e elegante e estava equipado com um motor Renault que debitava 100 cv, atingindo os 200 km/h. O Djet foi, mais tarde, a ponte para o Matra M530, o primeiro construído de raiz pela marca francesa.
 

 
Mas voltando a este exemplar de pura “finesse” e bom gosto, encontramos o glamour que Paris projectava no mundo. Assim, este modelo encheu o olho de Yuri Gagarin que teve o gosto de receber de presente por parte do governo francês um exemplar do Djet corria o ano de 1965, mantendo-o até 1968.
 
No entanto, e apesar do seu bom gosto, o Djet de Yuri Gagarin não era bem visto pelos seus “camaradas” por se tratar de um automóvel algo excêntrico, sobretudo na sua cor azul.
 

 
A produção do Djet cessou em 1967, com um número total de 1495 unidades, tendo o último sido vendido em 1968.
 
Sem dúvida que o Djet espalhou o seu charme ao passear pelas ruas de França e da restante Europa, tendo sido um ícone de beleza arrojada e apaixonante.
 
Hoje em dia, os exemplares existentes do Djet são poucos, mas certamente que se um dia se cruzar com um ele vai chamar a sua atenção.


TAGS: Matra Djet


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment