Citroën DS Safari, a rara carrinha familiar francesa

Mercado 05 Abr 2019

Citroën DS Safari, a rara carrinha familiar francesa

O Citroën DS é, claramente, um dos automóveis mais importantes do Século XX. Foi apresentado no Salão de Paris de 1955 e foi um automóvel totalmente revolucionário para a época, tanto em funcionalidades, como em design. Logo nos primeiros 15 minutos de apresentação, a Citroën recebeu 753 encomendas e, no final do primeiro dia, tinha já 12 mil encomendas, sendo que no final do evento já somava mais de 80 mil.
 
O seu desenho revolucionário deve-se a dois homens, Flaminio Bertoni, que já tinha trabalhado no Traction Avant, e André Lefèbvre, que trabalhou anteriormente na Voisin e Renault. Uma das maiores inovações do modelo foi a suspensão hidropneumática, independente nas quatro rodas, desenvolvida por Paul Magès, tornando o DS um “tapete voador”. O Citroën DS esteve 20 anos em produção, de 1955 a 1975, com várias evoluções ao longo do seu período de vida.
 
O Citroën DS Safari era a versão familiar do DS, introduzida no mercado em 1958. Dependendo do mercado, poderia ter nomes diferentes, como DS Safari Brake na França, Station Wagon na Austrália, Wagon nos EUA e Estate no Reino Unido. Esta carroçaria é bastante rara, claro que não chega ao pé dos modelos de Chapron, sendo, actualmente, bastante procurada por coleccionadores. Para adoptar um formato carrinha, o DS sofreu algumas alterações, nomeadamente, perdeu o tejadilho de fibra e no seu lugar surge um em aço, isto para aumentar a rigidez e poder ser montadas grades. A secção traseira foi alterada, para fornecer mais espaço e duas poltronas, que quando não estavam a ser usadas, poderiam ser rebatidas, para ter maior espaço para carga.
 
O exemplar presente neste artigo é um DS23 Safari Estate, fabricado em 1974 e com o número chassis nº 00FF4182, e está equipado com o motor maior de quatro cilindros em linha, de 2.3L (2347 c.c.) de cilindrada e caixa de cinco velocidades, com alguns extras, como tecto de abrir, grade no tejadilho, interior preto e os dois bancos traseiros rebatíveis.
 
Este irá ser oferecido em leilão pela Bonhams, no dia 7 de Abril, no Goodwood Members Meeting, em Inglaterra, com um valor estimado entre os 18.000€ e os 23.000€.
 

Citroën-DS-Safari-Estate
Citroën-DS-Safari-Estate-Front
Citroën-DS-Safari-Estate-Gauges
Citroën-DS-Safari-Estate-Headlight
Citroën-DS-Safari-Estate-Interior
Citroën-DS-Safari-Estate-Side
Citroën-DS-Safari-Estate-Side-2
Citroën-DS-Safari-Estate-Sun-Roof
Citroën-DS-Safari-Estate-Tailgate
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Citroën-DS-Safari-Estate
Citroën-DS-Safari-Estate-Front
Citroën-DS-Safari-Estate-Gauges
Citroën-DS-Safari-Estate-Headlight
Citroën-DS-Safari-Estate-Interior
Citroën-DS-Safari-Estate-Side
Citroën-DS-Safari-Estate-Side-2
Citroën-DS-Safari-Estate-Sun-Roof
Citroën-DS-Safari-Estate-Tailgate
previous arrow
next arrow

TAGS: Citroen DS23 Safari


PARTILHAR:

1
Deixe um comentário

Please Login to comment
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Samuel Recent comment authors
Samuel
Visitante
Samuel

A designação correta para a carrinha, isto é, a original é “Break”. A designação “Safari” apenas foi usada em alguns mercados, nomeadamente o inglês.