A história do homem que recomprou o seu Ford Mustang sem perceber

Clássicos 24 Jan 2019

A história do homem que recomprou o seu Ford Mustang sem perceber

Foi obra do destino. Okay: muitas pessoas dizem coisas deste género, mas se falamos de Tab Lagow e do seu Ford Mustang descapotável de 1966 é difícil não mencionar o destino.
 
Nos seus tempos de juventude, na Califórnia, Tab passou largo tempo em oficinas automóveis, o que se revelaria, no futuro, francamente valoroso. E isto porquê? Porque, posteriormente, num “side job”, Tab saboreou o sucesso: o californiano evidenciava-se no restauro de Ford Mustangs. Um dos veículos com que lidou foi um descapotável de 1966, adquirido pelo norte-americano, via eBay, pelo preço de 1000 dólares.
 
Aquele automóvel acabaria por ser vendido, mais tarde, ainda que Tab nutrisse um especial carinho pelo veículo.
 
Certo dia, ao navegar pelo eBay, Tab achou casualmente uma viatura de 1966 que conquistou a sua atenção. Tal automóvel, refira-se, não se encontrava completo: várias partes do veículo estavam arrumadas em caixas. O norte-americano, ainda assim, não teve grandes hesitações e levou por diante a vontade em comprar a viatura.
 
Curioso por natureza, Tab começou a escalpelizar cada caixa com grande entusiasmo. Acabaria por achar um saco que continha porcas e parafusos, além de um terno bilhete. O norte-americano mostrou o pedaço de papel à companheira, Dana, e disse-lhe que conhecia aquela caligrafia: estava convicto de que era a dele. Na missiva lia-se: “Bom dia, minha Rooskie. Espero que tenhas um óptimo dia.” Rooskie é a alcunha que Tab atribuiu à filha Sumner. O californiano escrevera, há vários anos, tal escrito destinado a Sumner.
 
O descapotável de 1966 foi, entretanto, restaurado. Tab não quer voltar a abrir mão do automóvel. “É uma espécie de membro da família”, realça. Foi tudo isto obra do destino? Tab crê que sim. A matrícula personalizada do descapotável é uma alusão a isso mesmo: 66MNT2B.
 

 

 


TAGS: Ford Mustang


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment