Os 10 Pontiac mais caros vendidos em leilão

Mercado 20 Out 2018

Os 10 Pontiac mais caros vendidos em leilão

Muitos sentem a falta da agora extinta Pontiac – grupo General Motors -, outrora fabricante de muitos dos modelos mais electrizantes da GM desde os anos 60, sendo das marcas americanas mais valiosas em leilão. De seguida, deixamos os dez Pontiac que encabeçam essa lista.

 

10) GTO “Monkeemobile” (1966)

 

 

Vendido em 2008 pela Barrett-Jackson, em Scottsdale, por cerca de 336 600 €. Este exemplar é um dos dois construídos por Dean Jeffries para a série televisiva The Monkees.

 

9) GTO Judge Ram Air IV Convertible (1970)

 

 

Vendido em 2018 pela Barrett-Jackson, em Scottsdale, por cerca de 374 000 €.

 

Ainda que não tão raro como a versão de 1969, a produção limitada a 17 unidades faz deste GTO um dos automóveis de sonho de qualquer entusiasta da marca. Na cor “Pepper Green”, com a caixa de quatro velocidades e impecavelmente restaurado, foi uma das estrelas do leilão, atingido um valor que, embora sendo alto, não causou muita surpresa.

 

8) Catalina Super Duty Coupe (1962)

 

 

Vendido em 2009 pela Russo and Steele, em Scottsdale, por cerca de 382 600 €.

 

Tendo como um dos proprietários o condutor do Packer Pontiac Catalina “Swiss Cheese”, Howard Maseles, este Super Duty possui uma marca de 11,73 segundos no quarto de milha. O facto de três destes automóveis terem sido vendidos, nos últimos dez anos, por pouco menos de meio milhão de euros vem confirmar o estatuto deste modelo como um dos Pontiac de maior valor numa colecção.

 

7) Catalina Super Duty Lightweight Coupe (1963)

 

 

Vendido em 2017 pela Mecum, em Kissimmee, por cerca de 402 000 €.

 

Apenas algumas licitações atrás do automóvel do piloto e construtor Mickey Thompson está este Catalina “Swiss Cheese”, patrocinado pela Packer Pontiac de Detroit, que o levou a um recorde, na sua categoria, da Associação Norte-Americana de Hot Rod. Tendo sido construídos apenas 14, este é considerado o melhor ainda “vivo”.

6) Tempest Super Duty Station Wagon (1963)

 

 

Vendido em 2010 pela Mecum, em Indianápolis, por cerca de 402 000 €.

 

A conjugação da praticidade de uma carrinha com o poder de um muscle car sempre teve o seu lugar no coração dos amantes de automóveis. O pujante motor SD, concebido para “drag racing”, serviu de base a seis carrinhas e seis Coupés, apenas restando um exemplar de cada modelo.

5) Catalina Super Duty Lightweight Coupe (1963)

 

Vendido em 2008 pela Mecum, em Chicago, por cerca de 405 500 €.

 

O modelo Lightweight Coupe do Catalina Super Duty tinha como principal objectivo, como o próprio nome indica, a redução de peso. Para tal, a GM usou painéis de liga leve, abdicou do isolamento sonoro e, levando esta redução de peso a um nível superior, abriu buracos na carroçaria. Foi esta medida algo extrema que levou à adopção da inevitável alcunha “Swiss Cheese”- em português, queijo suíço. Este exemplar foi um dos dois entregues ao lendário Mickey Thompson para as “drag races”.

 

4) Tempest Super Duty Coupe (1963)

 

 

Vendido em 2010 pela Mecum, em Indianápolis, por cerca de 410 000 €.

 

A Pontiac dominava o panorama “dragster” nos inícios dos anos 60 com os motores SD (Super Duty), desenhados para impulsionar o automóvel numa trajectória rectilínea tão rápido quanto possível e, ao mesmo tempo, aguentar os esforços que tal implicava. Essencialmente, tratava-se de um motor 389 (6300 cc) alargado para 421 (6900 cc) e equipado com dois carburadores de quatro cilindros. Como referido anteriormente, apenas seis Tempest Super Duty Coupes foram construídos, sendo este o único que resta.

 

3) Firebird Trans Am de Smokey and Bandit (1977)

 

 

Vendido em 2016 pela Barrett-Jackson, em Scottsdale, por cerca de 467 600 €.

 

Usado como veículo de promoção do filme Smokey and the Bandit, com o qual está fortemente relacionado, este Trans Am, que está para Burt Reynolds como um Mustang estaria para Steve McQueen, rendeu cerca de 14 vezes o valor normal de um Trans Am em igual estado de conservação.

 

2) GTO Judge Ram IV Convertible (1969)

 

 

Vendido em 2010 pela RM Sotheby’s, em Gainesville, por cerca de 580 000 €.

 

Ao passo que o GTO Judge, do mesmo ano, vinha equipado com um motor 400 (6500 cc) de 366 cavalos, acredita-se que o Ram Air IV, embora estivesse registado como debitando “apenas” 370 cavalos, possuía uma potência bem mais elevada, devido às várias modificações a nível da cabeça do motor e da cames. Ainda que a Pontiac tenha construído mais de setenta e dois mil GTO em 1969, a produção do Judge Ram Air IV Convertible foi limitada a cinco unidades. Este mesmo GTO ainda se torna mais exclusivo por ter sido o único a receber a pintura na cor “Starlight Black”.

 

1) Bonneville Special Concept Car (1966)

 

 

Vendido em 2015 pela Barrett-Jackson, em Scottsdale, por cerca de 2 800 000 €.

 

Belo e futurista, este Pontiac é um de apenas dois exemplares construídos. Revelando-se algo inevitável uma comparação com o Corvette C1, este Bonneville Special Concept Car possui um tejadilho em plexiglas e portas “asas de gaivota”, tendo sido o primeiro Pontiac a exibir o famoso emblema Bonneville e o primeiro dois-lugares da marca. Um veículo pioneiro, como qualquer concept car deveria ser, marcou a transição da Pontiac para uma mentalidade mais orientada para a performance.

Classificados

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube