Porsche 550 Spyder

Mercado 27 Jul 2018

Porsche 550 Spyder “Giant Killer” de 1957 vai a leilão por 4 milhões de euros

O 550 A surgiu em finais de 1956 e apresentou-se como uma versão melhorada do primeiro carro de corrida construído pela Porsche, o 550 Spyder. Visualmente semelhante ao seu antecessor o 550 A apresentava um chassis tubular mais rígido e mais leve, uma suspensão traseira multi-link, e estava equipado com um motor de 135 cv, permitindo atingir os 240 km/h.

 

Foi no Circuito de Nürburgring, em 1956, que o 550 A fez a sua primeira aparição, tendo conquistado o primeiro lugar da classe. O sucesso conseguido na prova alemã incentivou a Porsche a aventurar-se fora de portas. No mesmo ano, na Targa Florio – umas das mais antigas provas automobilísticas italianas-, ao fim de oito horas, Umberto Maglioli conseguiu uma brilhante vitória ao volante do novo modelo.

 

A maioria dos 90 exemplares do Porsche 550 Spyder foram vendidos a clientes dos EUA, e o derivado “A” também encontrou no mercado americano clientes ávidos por adquirir-lo, já que equipas que conseguiram bons resultados com a primeira versão do 550 quiseram adquirir o seu sucessor. Entre eles estava o vendedor da Porsche em Los Angels e piloto Jack McAffee. McAfee tinha uma larga experiência ao volante de poderosos Ferraris, ao reconhecer o superior manuseamento e fiabilidade do 550 A Spyder pediu a John Edgar para comprar vários, incluindo o vencedor da classe na edição de ’56 da 12 Horas de Sebring, que havia sido conduzido por Hans Herrmann e Wolfgang von Trips, nesta altura o pequeno Porsche já era conhecido por “Giant Killer”.

 

A 18 de Fevereiro de 1957, um exemplar do 550 A com 0 km, chassis 550A-0116, foi entregue no concessionário de Jack McAfee em Burbank, na Califórnia. O 550A-0116 exibiu vários números – 88, 188 e o 288 – nas distintas provas em que participou, o  #88 era utilizado por McAfee, o #288 era utilizado por Stanley Sugarman, entusiasta do mundo automóvel e amigo de McAfee, e por outros condutores convidados.

 

Em Fevereiro de 1959 o 550 A foi vendido a Elden Beagle of Sacramento, voltaria a mudar inúmeras vezes de mãos entre 1959 e 1993, ano em que foi adquirido por um coleccionador japonês, Hui Takahara. Takahara enviou o automóvel para a Alemanha, onde foi restaurado por Manfred Friesinger. Em 2013 foi vendido ao actual proprietário, no ano seguinte participou no Amelia Island Concours d’Elegance ficando em primeiro lugar na classe.

 

O Porsche 550 e o 550 A estão entre os modelos da marca de automóveis despotivos de Zuffenhausen mais cobiçados e procurados do mundo, o chassis  550A-0116 é um dos apenas 40 exemplares construídos do 550 A. A RM Sotheby’s estima que o valor da venda se fixe entre os 3,9 e os 4,2 milhões de euros

 

previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
previous arrownext arrow
Slider

TAGS: Porsche Porsche 550 A Spyder RM Sotheby's


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment