6 armas de guerra tão bizarras que parecem ficção

Clássicos 25 Jun 2018

6 armas de guerra tão bizarras que parecem ficção

O ser humano parece apresentar vocação para a concepção de cada vez mais formas de causar destruição. Seguidamente, falaremos de seis instrumentos bélicos que, decerto, impressionarão.

 

1. Helicóptero a jacto

1-25618

Durante os primeiros tempos, parecia que os helicópteros seriam apenas uma ideia que não iria passar do papel. Os germânicos viriam a conseguir fazer um helicóptero que voava de um ponto a outro com o auxílio de hélices. Adolf Hitler acreditava que a estrutura não se encontrava suficientemente avançada e decidiu dotar os helicópteros de motores a jacto.

 

2. Tanque Czar

2-25618

Sempre que o veículo se movia sobre a lama as rodas afundavam e eram muito difíceis de retirar.

 

3. Tanque “Saca-Rolhas”

3-25618

Uma questão estranha era que o veículo não se adequava a terrenos planos. Outro dos problemas era que o tanque era bastante lento.

 

4. Máquina ambulante cibernética

4-25618

Difícil de operar e extremamente barulhenta (podia ser ouvida à distância, o tipo de alerta que não se quer dar ao inimigo quando se está em guerra).

 

5. Tanque-roda

5-25618

Inventado pelos germânicos. Foi projectado para destruir tudo em seu redor. Tinha de ser operado por três pessoas.

 

6. Vespa 150 TAP

6-25618

Trata-se de uma scooter Vespa modificada para uso entre pára-quedistas. Introduzida em 1956 e actualizada em 1959, a Vespa 150 TAP foi produzida pela empresa francesa Ateliers de construction de motocycles et d’automobiles.



PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment