Os 10 pilotos de Fórmula 1 mais ricos de sempre

Competição 12 Nov 2017

Os 10 pilotos de Fórmula 1 mais ricos de sempre

No que toca a desportos de muito dinheiro, o primeiro que vem à mente será, provavelmente, o futebol.

 

Saiba, todavia, que o piloto de Fórmula 1 mais bem pago de 2016, Sebastian Vettel, ganha anualmente, em termos de salário bruto, quase tanto como Cristiano Ronaldo.

 

Talvez as receitas das estrelas de F1 não sejam tão amplamente discutidas quanto as dos futebolistas, mas, ainda assim, há uma grande quantidade de dinheiro na mais popular modalidade de automobilismo do mundo.

 

Aqui estão os dez pilotos de Fórmula 1 mais ricos de todos os tempos, classificados de acordo com o património líquido:

10. Nico Rosberg

Fortuna: 34 milhões de euros

 

Depois da conquista do título em Abu Dhabi, disse adeus à categoria rainha do desporto automóvel. Nico Rosberg retirou-se da F1 em 2016, após a concretização do sonho de ser campeão.

 

Detentor de uma fortuna de 34 milhões de euros, o alemão, de 32 anos, ocupa a décima posição da lista.

9. Sebastien Vettel

Fortuna: 51 milhões de euros

 

Sebastien Vettel é um dos únicos quatro automobilistas que já ganhou, pelo menos, quatro títulos de campeão de pilotos de Fórmula 1.

 

O tetracampeão mais jovem de sempre foi o competidor de F1 mais bem pago de 2016, graças a um contrato recorde de três anos com a Ferrari que o verá ganhar, aproximadamente, 56 milhões de euros/época.

8. David Coulthard

Fortuna: 79 milhões de euros

 

Um dos mais populares e bem sucedidos pilotos de F1 britânicos, com um total de 13 vitórias no Grand Prix, a carreira de David Coulthard registou muitas receitas ao longo dos anos.

 

É membro regular da equipa de F1 da BBC desde que se retirou das corridas em 2009, possuindo várias propriedades, incluindo hotéis em Inglaterra, Suíça e Mónaco.

7. Jenson Button

Fortuna: 119 milhões de euros

 

Button foi campeão mundial de pilotos 2009 pela Brawn GP.

 

A performance como automobilista levou-o a uma série de novos negócios e contratos que acumulou numa fortuna estimada em 119 milhões de euros.

 

É proprietário de um iate ancorado em Monte Carlo.

6. Eddie Irvine

Fortuna: 203 milhões de euros

 

O piloto norte-irlandês Eddie Irvine teve um período de dez anos na Fórmula 1 durante a década de 1990, que o viu competir por Jordan, Ferrari e Jaguar.

 

Depois de se afastar das corridas, reinventou-se como empreendedor imobiliário e investidor.

5. Alain Prost

Fortuna: 209 milhões de euros

 

Quatro vezes campeão de pilotos de Fórmula 1, o francês Alain Prost é um dos automobilistas mais bem-sucedidos de todos os tempos.

 

É o competidor mais antigo da lista, contando já com 62 primaveras.

4. Kimi Raikkonen

Fortuna: 226 milhões de euros

 

Kimi Raikkonen começou na Fórmula 1 em 2001. Um rápido número de triunfos catapultaram-no para o sucesso e, também, para muito dinheiro.

 

Em 2009, foi o segundo atleta mais bem pago do mundo, logo atrás de Tiger Woods.

3. Fernando Alonso

Fortuna: 248 milhões de euros

 

O asturiano Fernando Alonso atingiu o estrelato no início dos anos 2000, ao tornar-se o mais novo campeão da F1 de sempre.

 

A nível salarial, é o 24.º atleta mais bem pago do mundo.

2. Lewis Hamilton

Fortuna: 316 milhões de euros

 

Lewis Hamilton (Mercedes) é o jovem desportista mais rico da Grã-Bretanha.

 

Com um valor líquido estimado em 316 milhões de euros, Hamilton é um dos mais lucrativos e comercializáveis pilotos de todos os tempos, possuindo acordos de patrocínio com L’Oreal, Monster Energy, Reebok e Santander, entre outros.

1. Michael Schumacher

Fortuna: 881 milhões de euros

 

O primeiro lugar na lista é reservado a Michael Schumacher, que saiu da reforma em 2009 para correr na Mercedes, mas que é mais conhecido pela carreira recorde na Ferrari.

 

A revista Eurobusiness nomeou-o, em 2005, como o primeiro atleta bilionário do mundo.

 

Em 2013, o sete vezes campeão mundial sofreu catastróficas lesões na cabeça num devastador acidente de esqui. O germânico continua, no presente, a receber tratamento de 24 horas em sua casa, em Genebra.


TAGS: Fórmula 1


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment