Porsche com planos para entrar na Fórmula E

Competição 28 Jul 2017

Porsche com planos para entrar na Fórmula E

A partir de 2019, a equipa da Porsche vai competir na Fórmula E. Como resultado, a marca vai terminar o seu envolvimento na categoria LMP1 do Campeonato do Mundo de Resistência FIA (WEC) no final da temporada de 2017. A Porsche mantém o seu objectivo nas provas internacionais de GT e irá também concentrar a sua estratégia de competição na utilização do 911 RSR na classe GT do Campeonato do Mundo de Resistência FIA, que tem o seu ponto alto nas 24 Horas de Le Mans e no Campeonato Americano IMSA WeatherTech SportsCar, bem como em outras corridas de longa distância.
 
Este realinhamento do departamento de competição vem em consequência das orientações estabelecidas pela marca na “Estratégia Porsche 2025”, que pretende ver a Porsche desenvolver, em simultâneo, um puro GT e um veículo desportivo totalmente eléctrico, bem como o primeiro modelo de estrada igualmente movido apenas a baterias, o Mission E. “Entrar na Formula E e ter sucesso nesta categoria é o caminho mais lógico para a nossa “Mission E”. A liberdade de crescimento para o desenvolvimento da nossa própria tecnologia torna a Fórmula E muito atractiva para nós”, diz Michael Steiner, Membro da Comissão Executiva para a Pesquisa e Desenvolvimento da Porsche AG. “A Porsche está a trabalhar com alternativas e inovadores conceitos de condução. Para nós, a Formula E é o ambiente competitivo ideal para impulsionar o desenvolvimento de veículos de elevadas performances, em áreas como a preocupação ambiental, a eficiência e a sustentabilidade “. Este ano, a Porsche já deu os primeiros passos para o desenvolvimento de seu próprio veículo para a Fórmula E.
 
Ao mesmo tempo, a Porsche está a incrementar o seu compromisso na classe GT. “A diversidade de construtores e a qualidade do WEC e da IMSA levaram-nos a fortalecer o nosso compromisso e a concentrar as nossas forças na utilização do 911 RSR”, refere Steiner. “Queremos ser o número um. Para fazer isso, devemos investir de acordo com esse objectivo”.
 
Depois de quatro anos de sucesso, três vitórias consecutivas nas 24 Horas de Le Mans e de Campeões do Mundo, tanto na classificação por equipa como de pilotos em 2015 e 2016, a Porsche deixará a classe LMP1. No entanto, este ano, a equipa de Weissach quer defender, mais uma vez, os dois títulos do Campeonato do Mundo. A temporada termina a 18 de Novembro, no Bahrain.
 
Fritz Enzinger, vice-presidente do departamento LMP1 e uma das figuras centrais no regresso da Porsche à competição de topo em 2014, diz: “Construir a equipa de Le Mans a partir do zero foi um enorme desafio. Ao longo dos anos, desenvolvemos uma equipa profissional e incrivelmente bem-sucedida. Esta será a nossa base para o futuro. Estou certo de que vamos manter o nosso elevado nível na Fórmula E. A confiança é alta e estamos ansiosos por começar”.
 
A Porsche vai manter a bem-sucedida equipa de LMP1 totalmente intacta, incluindo os pilotos de fábrica. A par de incursões noutras competições e da preparação intensiva para a Fórmula E, a Porsche está a estudar outros campos para aplicação e desenvolvimento noutras áreas.
 
A Fórmula E é a primeira competição puramente eléctrica do mundo e foi lançada a 13 de Setembro de 2014. A Federação Internacional do Automóvel (FIA), que também é responsável pela Fórmula 1, organizou a competição como forma de declaração a favor da mobilidade eléctrica e fazer com que mais jovens se entusiasmassem com a competição automóvel. Ao contrário da maioria das outras competições, a temporada começa no Outono e termina no Verão. Os locais de corrida são percursos especialmente desenhados no coração das principais cidades, o que significa que o evento vai ter com os espectadores – e não o contrário. A mobilidade eléctrica desempenha um papel importante na forma como nos vamos movimentar amanhã, especialmente nos ambientes urbanos.


TAGS: Fórmula E Porsche


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment