Porque é que gostamos tanto de corridas de automóveis? Estes 5 filmes explicam

Competição 15 Jun 2017

Porque é que gostamos tanto de corridas de automóveis? Estes 5 filmes explicam

Toda a gente que já fez desporto automóvel sabe uma coisa: só se consegue ganhar corridas a gastar dinheiro. É uma actividade recompensadora pessoalmente, mas que exige muita dedicação e investimento, a nível de tempo, de trabalho e financeiro. Mas muitos gostam da ideia de praticar este tipo de competição, incluindo as marcas de automóveis, que muitas vezes estão dispostas a fazê-lo como forma de publicitar a superioridade técnica dos seus produtos.
 
Neste caso, olhamos para a entrada da Ford, uma marca que esteve sempre bastante envolvida no desporto automóvel, no mercado das corridas de monolugares durante a década de 60, quando se associou à Cosworth para fazer motores potentes e fiáveis que ganhavam em muitas frentes.
 
Veja em baixo cinco filmes que mostram os triunfos da Ford em áreas como a formação de pilotos, na Fórmula Junior e Fórmula Ford, a sua primeira vitória nas 500 Milhas de Indianapolis, e a sua entrada na Fórmula 1, com o motor Cosworth DFV, que ganhou na sua estreia, no GP da Holanda de 1967, quando foi montado na traseira do Lotus 49.
 
“Formula Ford”, 1968 (11:08)

 
“Indy 500: The Classics” (Indianapolis 500), 1965 (21:56)

 
“Sisters under the skin” (Formula Junior), 1961 (10:23)

 
“First time out” (Lotus 49 F1), 1967 (10:23)

 
“9 days in summer” (Cosworth DFV), 1967 (48:18)


TAGS: Single Seaters


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment