47 clássicos no IV Passeio em Proença-a-Nova

Eventos 31 Mai 2017

47 clássicos no IV Passeio em Proença-a-Nova

Apaixonados por automóveis antigos de vários pontos da região juntaram-se no último domingo na IV edição do Passeio de Carros Antigos que percorreu várias localidades do concelho de Proença-a-Nova e que incluiu a prova de alguns dos recursos gastronómicos mais típicos.
 
Condutores de 47 carros antigos e respectivos acompanhantes juntaram-se no Centro Ciência Viva da Floresta para o briefing da iniciativa.
 
Na ocasião, o presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova referiu a dinâmica desta iniciativa, já na sua quarta edição, especialmente vocacionada para quem, como ele, tem a paixão pelos clássicos.
 
“É também uma forma de atractividade do território pois damos a conhecer aquilo que são os nossos recursos. E temos potencialidades em várias áreas, nomeadamente património, turismo de paisagem, gastronomia ou praias fluviais”, referiu João Lobo, agradecendo aos promotores: a Associação de Desenvolvimento Cultural de Sobreira Formosa e o Sport Clube Sobreirense, com o apoio da União de Freguesias de Sobreira Formosa e Alvito da Beira, da Junta de Freguesia dos Montes da Senhora, das empresas Eventur e Ampeser e do próprio Município.
 
O passeio começou com uma paragem na aldeia de xisto da Figueira para o pequeno almoço que incluiu o bolo finto e o queijo fresco, o pão caseiro e o queijo de cabra curado.
 
Depois de retemperadas as forças, o passeio seguiu para Giesteiras, Maxiais, Sobral Fernando e Rabacinas, onde os participantes receberam um saco com limões.
 
Atravessando Chão do Galego, a próxima paragem foi junto à centenária oliveira de Montes da Senhora, em frente à Igreja de Nossa Senhora do Pópulo, onde se provaram as cerejas da região.
 
De volta à estrada, a viagem seguiu pela Catraia e Vales, onde se localiza um dos maiores pomares de cereja do concelho, Oliveiras, Sobreira Formosa e Póvoa.
 
Na associação das Atalaias provou-se o plangaio, enchido característico da zona norte do concelho, o maranho e outros enchidos, tudo regado com o vinho Alvelus.
 
Com Vale d’Urso e Vale Porco para trás, a derradeira paragem foi no Parque Urbano Comendador João Martins, em Proença-a-Nova, onde os carros ficaram em exposição enquanto os mais de 120 participantes conviviam à volta da mesa.
 
No final, foram distribuídos os prémios presença, ao condutor mais idoso e ao mais jovem, à presença feminina e ao carro do passeio, escolhido por todos os participantes.
 
A proximidade das votações levou a organização a entregar o prémio ao Peugeot 404 descapotável e ao Ford Anglia.Apaixonados por automóveis antigos de vários pontos da região juntaram-se no último domingo na IV edição do Passeio de Carros Antigos que percorreu várias localidades do concelho de Proença-a-Nova e que incluiu a prova de alguns dos recursos gastronómicos mais típicos.
 
Condutores de 47 carros antigos e respetivos acompanhantes juntaram-se no Centro Ciência Viva da Floresta para o briefing da iniciativa.
 
Na ocasião, o presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova referiu a dinâmica desta iniciativa, já na sua quarta edição, especialmente vocacionada para quem, como ele, tem a paixão pelos clássicos.
 
“É também uma forma de atratividade do território pois damos a conhecer aquilo que são os nossos recursos. E temos potencialidades em várias áreas, nomeadamente património, turismo de paisagem, gastronomia ou praias fluviais”, referiu João Lobo, agradecendo aos promotores: a Associação de Desenvolvimento Cultural de Sobreira Formosa e o Sport Clube Sobreirense, com o apoio da União de Freguesias de Sobreira Formosa e Alvito da Beira, da Junta de Freguesia dos Montes da Senhora, das empresas Eventur e Ampeser e do próprio Município.
 
O passeio começou com uma paragem na aldeia de xisto da Figueira para o pequeno almoço que incluiu o bolo finto e o queijo fresco, o pão caseiro e o queijo de cabra curado.
 
Depois de retemperadas as forças, o passeio seguiu para Giesteiras, Maxiais, Sobral Fernando e Rabacinas, onde os participantes receberam um saco com limões.
 
Atravessando Chão do Galego, a próxima paragem foi junto à centenária oliveira de Montes da Senhora, em frente à Igreja de Nossa Senhora do Pópulo, onde se provaram as cerejas da região.
 
De volta à estrada, a viagem seguiu pela Catraia e Vales, onde se localiza um dos maiores pomares de cereja do concelho, Oliveiras, Sobreira Formosa e Póvoa.
 
Na associação das Atalaias provou-se o plangaio, enchido característico da zona norte do concelho, o maranho e outros enchidos, tudo regado com o vinho Alvelus.
 
Com Vale d’Urso e Vale Porco para trás, a derradeira paragem foi no Parque Urbano Comendador João Martins, em Proença-a-Nova, onde os carros ficaram em exposição enquanto os mais de 120 participantes conviviam à volta da mesa.
 
No final, foram distribuídos os prémios presença, ao condutor mais idoso e ao mais jovem, à presença feminina e ao carro do passeio, escolhido por todos os participantes.
 
A proximidade das votações levou a organização a entregar o prémio ao Peugeot 404 descapotável e ao Ford Anglia.
 
Pode consultar aqui o álbum completo de fotos
 
Foto: Município de Proença-a-Nova



PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment