Clássicos 12 Dez 2016

Aston Martin vai relançar linha de automóveis clássicos

A Aston Martin vai relançar os seus carros clássicos em edição limitada. O primeiro será o DB4 GT Lightweight de corrida, que entre 1959 e 1963 teve apenas oito unidades produzidas! A empresa britânica anunciou na passada Sexta-feira, dia 9 de Dezembro, que a produção será feita pela Aston Martin Works, divisão de restauro de carros sediada em Newport Pagnell, onde originalmente o DB4 foi fabricado.
 
O DB4 GT teve a sua estreia na corrida em Silverstone, em 1959, tendo como piloto o lendário Stirling Moss. As unidades do icónico automóvel de corrida caracterizavam-se por serem muito leves para melhorar o seu desempenho. Actualmente, esses exemplares estão avaliados em cerca de 3 milhões de libras esterlinas, aproximadamente 3.57 milhões de euros, e encontram-se todos nas mãos de coleccionadores.
 
db4_gt_continuation_03
 
Para além do modelo actual seguir o número de chassi dos desportivos antigos, serão também utilizados materiais mais leves dos que os produzidos de forma convencional (com aço). O novo Aston Martin DB4 GT terá apenas 25 exemplares e o design será uma cópia fiel dos modelos clássicos, mas equipados com tecnologia moderna, motor mais potente e itens de segurança de ponta.
 
Motor
 
A produção será feita com a combinação de técnicas fabrico modernas e artesanais. O DB4 GT terá o mesmo motor de 3.7 litros de seis cilindros em linha criado pelo engenheiro Tadek Marek, mas agora com 345 cavalos de potência (340 bhp), 39 cv a mais do que o bloco original. A força será transferida para as rodas traseiras través de um câmbio de quatro velocidades e diferencial de deslizamento limitado.
 
O Aston Martin DB4 GT caracterizou-se por ter a distância entreeixos menor do que o DB4 de rua. A carroçaria seguirá o método de produção da década de 1960, usando o quadro tubular com painéis de liga de alumínio e magnésio. Os futuros compradores participarão num programa para aprenderem a pilotar automóveis de corrida e dirigir o carro no estilo da época.
 
Fonte: Blasting News

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube