Clássicos 11 Nov 2016

Uma experiência pessoal com o Alpine A110

Costuma-se dizer que “não conduzimos um A110: nós ‘vestimos’ verdadeiramente este automóvel”. O cockpit é tão íntimo, tão confortável, tão perfeitamente construído que é semelhante a vestir um fato para ir surfar. Há um certo ritual na maneira que nos preparamos para entrar no carro, para rodar a chave na ignição, todo o processo é tão pessoal.
 
Este Alpine A110 é propriedade de Jürgen Clauss, o homem por trás do AlpineLab: “Às vezes, ao entrar na minha garagem e ao olhar para os meus carros fico surpreendido: o Alpine tem 30 anos e ainda não está desgastado”. Clauss explica que se especializou nestes pequenos carros desportivos franceses. “Ainda gosto de olhar, conduzir e trabalhar nestes automóveis todos os dias”, refere, “Para mim, sempre foi único, sempre algo especial.”
 
Mais informacões sobre o trabalho de Jürgen Clauss aqui.


TAGS: Alpine A110 AlpineLab Jürgen Clauss Petrolicious


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment