Icona Vulcano Titanium: o supercarro de 2,5 milhões de euros

Modernos 17 Ago 2016

Icona Vulcano Titanium: o supercarro de 2,5 milhões de euros

Foi baptizado de Icona Vulcano Titanium, resulta de anos de trabalhos de estudo e desenvolvimento e é o primeiro automóvel do mundo a ter uma carroçaria fabricada integralmente em titânio. Ao fim de várias aparições como protótipo (Pebble Beach em 2015 e Mónaco já em 2016) surge agora na sua versão final no Salon Privé Concours d’Elégance 2016, que terá lugar em Oxfordshire (Inglaterra) nos primeiros dias de Setembro.
 
As formas deste supercarro de excepção, que custa nada menos do que 2,5 milhões de euros, tem as suas formas inspiradas no avião mais veloz do mundo, o SR-71 Blackbird. A marca italiana focou-se também nas performances deste carro que nasceu para rivalizar com os melhores dos melhores.
 
Para que este fosse de facto um automóvel de excelência, a Icona contratou o antigo engenheiro chefe da equipa de Fórmula 1 da Ferrari Claudio Lombardi que em conjunto com Mario Cavagnero, da Italtecnica, desenvolveu o Icona Vulcano Titanium, automóvel capaz de realizar uma volta ao exigente circuito norte de Nurburgring abaixo da marca dos 7 minutos e 20 segundos. Para ser veloz os técnicos escolheram um motor V8 turbo com 6,2 litros que debita a potência de 670 cv e 820 Nm de binário. A relação peso potência é de 2,38 kg por cada cavalo, acelerando dos 0 aos 100 km/h em apenas 2,8 segundos e atingindo os 200 km/h em apenas 8,6 segundos.
 
A fundação da Icona remonta a 2010 quando foram fundadas as suas instalações em Turim (Itália). Rapidamente a empresa localizou ainda serviços em Xangai (China) e Los Angeles (Califórnia). O trabalho da empresa foca-se no desenvolvimento de soluções para indústria do automóvel em parceria com empresas como a Tecnocad Progetti e a Cecomp.



PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment