LifeStyle 13 Out 2015

“La Sultana”: o super-iate que já foi um navio espião soviético

Durante a Guerra Fria, o super-iate “La Sultana” serviu de navio espião no Atlântico Norte. Hoje, após ser totalmente reequipado, é um dos iates mais luxuosos do mundo e está à venda por cerca de 22 milhões de euros.
 
Quinto de uma série de 12 “navios irmãos” da ex-União Soviética, foi construído em 1962 na Bulgária. Até ao início da década de 70, Aji Petri, como era denominado na altura, transportava passageiros e carga no Mar Negro entre Odessa, Sebastapol e Istambul, depois foi estrategicamente colocado no Atlântico Norte pelo governo russo, para (não oficialmente) interceptar comunicações de outros países como os EUA e Grã-Bretanha.
 
Com 65,4 metros de comprimento, sete cabines luxuosamente mobiladas, este iate incorpora características únicas, desde um heliporto ao seu próprio Mini Moke.
 
Imagens: La Sultana

Classificados

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube