XXII Automobilia termina amanhã

Eventos 24 Mai 2014

XXII Automobilia termina amanhã

Cumprindo uma tradição que já conta com mais de vinte edições, está a decorrer desde ontem, 23 de Maio, a XXII AUTOMOBILIA, o mais antigo e maior certame de Portugal dedicado ao coleccionismo da temática dos transportes rodoviários.
 
Com a responsabilidade de continuar a ser o verdadeiro ponto de encontro para todos aqueles que partilham a paixão pelo mundo da mobilidade rodoviária, a AUTOMOBILIA volta a ser o maior mercado de peças, veículos e de todas as temáticas que lhes estão associadas, indo ao encontro do interesse não só dos aficcionados e coleccionadores como também do público em geral, que vê durante a AUTOMOBILIA um mundo de objectos que ao longo da história nos acompanharam na mobilidade do dia a dia,que, fizeram parte das nossas memórias.
 
É neste âmbito de divulgação cultural que as exposições temáticas deste ano continuam a versar diferentes ambientes: “Os velocípedes de motor auxiliar”; “As supermotos japonesas dos anos 70”; “Exposição monomarca motos Motom”; “Motorizadas portuguesas”; “Bicicletas de outros tempos”; “50 anos Ford Mustang”; “Os veículos industriais”.
 
Como sempre, também a presença de diferentes instituições (Clubes, Museus e instituições congéneres, a par da imprensa especializada) complementa a oferta, num ambiente único de celebração do mundo das máquinas com rodas, contribuindo também para o colorido do certame a recepção das várias caravanas de automóveis e motos clássicas que revisitam a AUTOMOBILIA.



PARTILHAR:

2
Deixe um comentário

Please Login to comment
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
Alfredo Cunha NovoMauro Bastos Recent comment authors
Alfredo Cunha Novo
Visitante
A.Novo

Bom dia, pois apenas se trata de uma opinião.Para quem visitou não ficou indiferente á qualidade deste certame, nomeadamente a exposição de viaturas pesadas, nunca antes mostrada. Quanto ao preço e em relaçaõ a outros praticados a nivel da Europa e mesmo Portugal em eventos ( dois) do mesmo nivel ainda está muito barato, custa pouco mais que um maço de cigarros que se queima num instante e faz mal á saude. Parabens a toda a organizaçâo da qual faço parte.

Mauro Bastos
Visitante
Mauro Bastos

Sinceramente… começei a ir a esta feira ainda o preço da entrada era um preço condizente, agora pedem 5 euros…! para visitar algo que em nada tem de novo apenas o preço que vem sendo actualizado para valores exorbitantes dado aquilo que é oferecido… nada… ter que pagar este preço para eventualmente ir gastar dinheiro, quem tudo quer tudo perde e eu quanto a mim deixerei de ir…