Mini Broadspeed GT Coupé 1966-1968

Arquivos 31 Dez 2013

Mini Broadspeed GT Coupé 1966-1968

 
O Projecto Broadspeed foi idealizado e realizado por Ralph Broad em 1962, especializando-se no alto desempenho e ajustes do motor. Durante os anos 60 e 70, a Equipa Broadsoeed, com sede em Southam, Warwickshire, teve um tremendo sucesso com Coopers Mini, Ford Anglias, Capris e Dolomite Sprints.
 
Durante o ano de 1966, a companhia construiu o BROADSPEED GT Coupe, com base num Cooper “S”, e tornou-se conhecido como como “Asti Mini”.

 
A BROADSPEED transformou-se no agente principal da BMC.
 
Estes carros foram produzidos originalmente em números limitados no Reino Unido por Ralph Broad, entre 1966 e 1968, que tinha modificado com sucesso os Minis competindo antes de projectar este modelo.
 
As suas características eram a cauda prolongada, um item essencial que ajudava à aerodinâmica naquele tempo. O tejadilho e a extremidade traseira do escudo foram feitos em fibra de vidro e reforçados com aço, dando origem a uma estrutura sólida.
 
O resultado foi um carro com todos os traços Mini mas com muito menos peso. Com 90 cavalos e um limite de 8000 rotações, tinha uma aceleração selvagem que combinada com o aperto contra os bancos, o tornaram conhecido por “foguete” .
 
Como carro de competição tornou-se lendário principalmente na Austrália.
 
No Tablier, o velocímetro marcava 150 mph combinado com um conta-rotações de 10.000 rpm, indicando desde logo que este não era um Mini “normal”.
 
Existiram 5 versões:
 
Broadspeed 2 +2 GT 850 cc;
Broadspeed 2 +2 GT * 998 cc;
Broadspeed 2 + 2 GT De Luxe 998 cc;
Broadspeed 2 + 2 GT Super De Luxe 1275 S;
Broadspeed GTS Version compétition.


TAGS: Broadspeed Ralph Broad


PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment