Maserati A6G/54 2000 Zagato de 1956 vence Concurso de Elegância do Estoril

Eventos 04 Set 2013

Maserati A6G/54 2000 Zagato de 1956 vence Concurso de Elegância do Estoril

O Hipódromo Manuel Possolo recebeu no passado fim-de-semana, o primeiro Concurso de Elegância do Estoril. Integrado no Cascais Classic Motorshow, realizado nos dias 31 de Agosto e 1 de Setembro, o Concurso teve como critérios não só a elegância mas também a apresentação, conservação e restauro dos automóveis.
 
Com um júri especializado de referência, liderado por Horst Brunning, presidente da FIVA (Federation International des Vehicules Anciennes) e constituído por sonantes nomes como Duarte Pinto Coelho, Elizabete Jacinto, Felipa Garnel, Frederico Valsassina, Manuel Mello Breyner, presidente da FPAK (Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting) e João Sarmento, a Costa do Estoril demonstrou ser um local de excelência para este concurso, que contou com quarenta e dois automóveis, divididos em sete categorias temáticas, e cerca de 20.000 pessoas.
 
A distinção de Best of the Show coube a um de apenas vinte Maserati A6G/54 2000 Zagato Berlinetta de 1956, um coupé de competição, com carroçaria em alumínio e motor de seis cilindros, um automóvel de José Manuel Albuquerque que saiu vitorioso também na categoria Sport dos anos 50.
 
Na categoria destinada a veículos dos anos 20 saiu vencedor um Adler 9/24 Torpedo de 1921, um automóvel utilizado muitos anos como táxi e o 194º carro a chegar à Ilha da Madeira, encontrando-se em excelente estado. No grupo destinado a veículos dos anos 30 foi premiado,um Riley MPH de 1934, um automóvel também de José Manuel Albuquerque, e da categoria correspondente a pequenos desportivos da década de 40 e 50, saiu vencedor o H.R.G. 1500 Aero de 1947 de Carlos Cruz.
 
No grupo de Grande Turismo das décadas de 60 e 70, foi distinguido o Ferrari 275 GTB de 1965, propriedade de Albert Eberhard. Quanto à categoria de Glamour e Luxo, foi atribuído o título ao Mercedez-Benz 280 SE Cabriolet de 1971 de Frederico Borges de Castro. Na categoria temática de Porsche 911, foi galardoado o Porsche 911 Carrera R.S 2.7 de 1971 de João Carlos Torres.
 
O Júri ficou ainda encarregue de atribuir o Prémio de Originalidade ao automóvel mais próximo do estado original sem ser restaurado, que coube ao Alfa Romeo Montreal de 1971.
 
Também o público elegeu o seu favorito, atribuindo o Troféu Manuel Lucena, célebre organizador de Concursos de Elegância do Estoril na década de 90, ao majestático Bugatti Type 57 Galibier, de 1938.
 
Foram ainda atribuídas três menções honrosas pelo Júri e Organização ao desportivo português A.R. Sport, ao Ford Mustang Convertible e ao Datsun 240Z, automóveis que pela sua história e condição mereceram especial destaque neste célebre evento.
 
Este Concurso de Excelência, juntamente com o Desfile e Prova de Regularidade tornaram inesquecível o passado fim-de-semana no Concelho de Cascais, numa iniciativa aplaudida por todos os que estiveram presentes.
 
Texto: Inês Santos Ferreira
 

Classificados

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube