Os preços no Salão de Essen

Mercado 19 Abr 2013

Os preços no Salão de Essen

Concluímos a nossa visita ao salão de Essen com uma apresentação de alguns dos preços ali praticados, depois de vos termos ontem apresentado os principais resultados do leilão da Coys.
Visitar Essen à procura de determinado veículo tem desde o início uma grande contrapartida, em especial se encontrar um carro que esteja num dos principais stands de vendedores profissionais. Como o espaço por metro quadrado é elevadíssimo, esse custo reflecte-se na maioria das vezes no preço final do carro. Além do mais, a norma geral em Essen, é que a maior parte dos veículos que ali se encontram à venda são de boa qualidade e já se sabe, a qualidade paga-se caro. A estes factores acresce o estigma da vaidade que muitas vezes reina no mercado internacional de veículos clássicos – “ah, comprei o meu Bugatti em Essen, fui com ele a Peeble Beach etc, etc”.
Daí termos estado mais interessados em recolher informações dos carros que estão localizados nos espaços destinados a particulares. Assim e a começar a nossa ronda com o bloco na mão, um Porsche 928S a estar à venda por €39.950, tendo a seu lado um 911 Turbo Cabrio com motor 3.3 Litros, certificado pela marca alemã, a querer trocar de garagem por €82.900. A verdade é que Porsche à venda em Essen são tantos que passado algum tempo criamos uma certa aversão a estas maravilhas da história automóvel. As propostas alusivas à casa de Estugarda continuavam. Desta feita, um 911 2.4 TE Targa a necessitar de restauro estava à venda por €28.750. Já fora dos pavilhões e onde se encontram mais veículos de particulares – onde geralmente se encontram preços mais acessíveis, nota para um 911 SC a custar €39.000 e um 928 a ficar-se pela ordem dos €15.000. Bastante curioso era um BMW Isetta, com reboque da época que custava 29.500, situado na zona dos clubes monomarca. Na altura em que vimos o microcarro, um potencial cliente analisava-o minuciosamente com um espelho e metendo-se debaixo desta criação alemã. Noutra parte da feira um modelo idêntico, mas sem o acessório e em pior estado de conservação ficava-se pelos €14.900.
A ronda continua com um proprietário de um Opel GT (quanto a nós demasiado optimista) a tentar “despachar” este carro alemão por €45.500, ou seja, uma verdadeira loucura, já que procurando bem encontrámos o mesmo modelo a ser cotado nos €29.000. A oferta de carros produzidos na Alemanha era de facto a grande fatia de modelos à venda. Passamos desta feita para a VW, com uma irrepreensível T1 Camper de 1967 a estar à venda por €65.000. Um sonho de redacção jornalística para quem anda nestas coisas de veículos antigos a fazer reportagens na estrada…Outro VW que vimos foi uma T1 Samba de 1961 que foi colocada á venda por €60.000. Já que mencionamos veículos fora do formato tradicional, colhemos a informação que um Magirus 18, 125D podia ser nosso caso tivéssemos €8.000, ou trazer para casa um Autobianchi Bianchina por €15.000. Mais carote o Rolls-Royce Corniche 2 Cabrio pelos seus €39.950, ou um Corvette C1 com hardtop a ser cotado pelo seu proprietário em €79.800. Quem quisesse voltar para casa instalado num carro italiano, podia-a faze-lo contra a troca de uns €16.000 por um Lancia Fulvia S1. Pena é não termos dinheiro e os nossos impostos aqui em Portugal não permitirem grandes importações…
Texto e imagens: Classic Press Center ©

Classificados

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube