Motor Racing Legends divulga dados de inquérito

Clássicos 06 Mar 2013

Motor Racing Legends divulga dados de inquérito

A Motor Racing Legends, a entidade organizadora de eventos como a Le Mans Legend, a corrida de suporte anual das 24 Horas de Le Mans, entre outras competições destinadas a veículos de competição histórica, realizou um inquérito a 100 dos seus clientes (entre pilotos, preparadores e proprietários) para saber o que estes pensam sobre o futuro deste desporto. Uma das primeiras permissas reveladas pelos entrevistados foi que uma condução agressiva em competição histórica levará a que os potenciais proprietaries retirem os seus veículos deste tipo de provas nos próximos anos. O item de condução agressiva passa também pela contratação de pilotos profissionais num desporto em que o principal mote é o amadorismo e a diversão em pista. Em termos percentuais, esta foi a resposta de oito de dez entrevistados, ou seja, 83,5%. Um piloto referiu mesmo que “existem demasiados pilotos contratados em provas de clubes que não têm qualquer respeito por normas de segurança ou mesmo pela mecânica dos carros. A mesma pessoa concluiu que deveria haver maiores sanções a quem pervericasse neste capítulo. Em segundo lugar, surge a questão referente à cotação dos carros históricos envolvidos em competição, que não pára de aumentar, segundo a opinião de 32,3% que não hesitarão em levar os seus carros para as pistas. Do outro lado da balança, surge uma parcela de 37,6% de participantes que alertam que a recente valorização dos veículos de competição pode levar a que os carros com palmarés possam a vir admirados em museus num future próximo, enquanto que as competições históricas irão passar a contra com replicas, algo já visto neste universo. E para quem pense que o mundo da competição histórica é um nicho para gente rica, admire-se que existe neste meio quem ache que é necessário reduzir os custos e a burocracia inerente a esta pratica. O aumento dos custos de inscrição em provas tem vindo a aumentar, o que tem vindo a afastar novos potenciais interessados, novo sangue na modalidade. Além do mais, a maioria dos participantes entrevistados olha de lado para a presence da FIA neste desporto. Segundo Duncan Wiltshire, director do Motor Racing Legends, revelou “quando realizámos um questionário deste género há coisa de cinco anos atrás, o principal tema em questão era a admissão de carros e a sua integração nas respectivas classes. Hoje a situação é diferente, com temas como a segurança em pista, a diversão e a intrumissão das entidades governativas a estarem na ordem do dia”.

 

Texto: Redação

Imagens: Motor Racing Legends

 

Classificados

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube