Apresentada a evolução para 2013 do Aston Martin DB9

Modernos 24 Set 2012

Apresentada a evolução para 2013 do Aston Martin DB9

A Aston Martin revelou no final da semana passada pormenores da mais recente evolução do DB9, para o ano de 2013, após vários meses a melhorar e actualizar aspectos fundamentais do modelo. As alterações estéticas consistem, segundo o fabricante, numa adopção de formas “ainda mais ágeis, mais fluídas e mais puras” que lembram o modelo Virage que entretanto termina a sua produção, após 18 meses do seu lançamento.
Assim, partindo da silhueta clássica de um GT Aston Martin como base, o DB9 novo recebe uma traseira mais pronunciada, sob a forma de um “spoiler” – de forma a aumentar o desempenho aerodinâmico do modelo – uma nova grelha frontal inspirada no One-77, (mais larga para melhor arrefecer o sistema de travagem de discos “carbon-ceramic” da Brembo) indicadores de mudança de direção em LED e faróis bi-xénon, para além da conhecidas jantes de 20 polegadas do Vanquish. Este DB9 vê igualmente a introdução do motor V12 de nova geração designado AM11, utilizado também pelo Vanquish, mas devidamente adaptado ao caráter do DB9. O resultado é um motor de elevado binário, com até 620 Nm às 5500 rpm, e uma potência máxima de 517 cv às 6500 rpm. A suspensão ADS tira partido da arquitetura VH, designada ‘Gen4’, apresentado três modos de funcionamento: “Normal”, “Sport” e “Track”. Embora mais comprido cerca de 10 cm do que a geração anterior, o novo DB9 apresenta um peso anunciado de 1785 kg – que pode ainda ser reduzido em 17 kg caso o cliente opte por bancos desportivos “lightweight” em fibra de carbono e kevlar, embora implicando o desaparecimento dos lugares traseiros – graças ao seu chassis integralmente construído em alumínio. Equipado com uma transmissão automática de seis relações “Touchtronic 2”, as performances do novo DB9 são agora as seguintes: 4,6 segundos dos 0 aos 100 km/h e 295 km/h de velocidade máxima. Disponível sob a forma de um coupé ou “Volante” (como são designadas as versões descapotáveis pela Aston Martin) o DB9 apresenta também, em opção, dois “packs” de aplicações em carbono, para o exterior e interior, que de resto foi igualmente revisto e utiliza agora aplicações em vidro laminado nos botões – com um efeito semelhante a jóias – e de couro, meticulosamente cozido à mão, semelhantes à do modelo Virage.
Andy Haslam, gestor de produto da Aston Martin explica “a partir dos dos melhores elementos do Virage, adicionando atualizações importantes e combinando-as com a nomenclatura lendária do DB9 criámos um novo e eloquente desportivo, posicionado orgulhosamente no coração da gama Aston Martin”. Para o Dr. Ulrich Bez, diretor e presidente executivo da marca britânica, “além da inegável beleza exterior e do interior agora ainda mais luxuoso, foram igualmente introduzidas importantes alterações técnicas que demonstram capacidade da Aston Martin para continuar a criar automóveis irresistíveis.”
Mais informações em www.astonmartin.com

Texto: Jornal dos Clássicos
Imagens: Aston Martin



PARTILHAR:

Deixe um comentário

Please Login to comment