Concurso de Elegância de Windsor reúne cerca de 800 clássicos

Eventos 12 Set 2012

Concurso de Elegância de Windsor reúne cerca de 800 clássicos

Nascido da lacuna face a um concurso de elegância que pudesse prestar reconhecimento ao papel preponderante da Grã-Bretanha na história da indústria automóvel, realizou-se este ano a primeira edição do Windsor Castle Concours of Elegance. A celebração do Jubileu de Diamante do reinado da Rainha Isabel II, de Inglaterra, foi então o pretexto para levar aos relvados do castelo Real, 60 dos mais raros modelos de automóveis de todo o mundo – 20 dos quais provenientes dos Estados Unidos e alguns nunca antes exibidos em Inglaterra – , durante os passados dias 7, 8 e 9 de Setembro. E já que “60” era o número redondo em questão, foram igualmente 60 os automóveis britânicos que ali se deslocaram como parte da ‘Best of British Tour’, organizada pelo Royal Automobile Club, no Sábado dia 8. No dia 9, foi a vez de 60 automóveis – um de cada ano do reinado de Isabel II – chegarem ao evento, como parte da Octane Jubilee Tour. Também o clubes de proprietários da Aston Martin quis levar ao castelo de Windsor os seus melhores 60 carros, igualmente um correspondendo a cada ano do reinado na monarca. Ainda outros clubes de proprietários britânicos de marcas como Bentley, Jaguar ou Ferrari, não puderam deixar de comparecer, com largas centenas dos seus automóveis mais representativos.
De acordo com a organização, e ao contrário do concursos de elegância tradicionais, não houve juízes, nem avaliação por classes em Windsor. O simples fato de o carro ter sido convidado a estar presente foi já considerado suficiente reconhecimento da sua excelência. Foi apenas atribuido o troféu “Best of Show” ao Alfa Romeo 8C 2900B Touring Berlinetta, de 1938 – propriedade de Jon Shirley – que não era, de resto, um estreante em matéria de troféus conquistados neste tipo de concursos. De facto, Shirley já em 2008 tinha conquistado igualmente o “Best in Show” em Pebble Beach e em 2009, o “Coppa d’Oro” em Villa d’Este.
Mostrado pela primeira vez em público nos últimso 50 anos, foi o Alfa Romeo 8C “Le Mans” que venceu a prova de 24 Horas, em 1934, conduzido por Luigi Chinetti e Philippe Etancelin, ainda com motor de 2336 c.c..
Mais informações em www.concoursofelegance.co.uk

Texto: Jornal dos Clássicos
Imagens: Carlos Oliveira

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube