Mercedes-Benz 280SL

Clássicos 31 Ago 2012

Mercedes-Benz 280SL “Pagode”, de 1968

Apresentado no Salão de Genebra de 1963, o Mercedes-Benz 230SL, com o seu motor de seis cilindros, veio substituir o pouco performante 190 SL, com apenas 4 cilindros, apresentando a nova plataforma com a designação interna W113.
Concebido pela equipa técnica da Daimler-Benz, chefiada por Fritz Nallinger, a sua carroceria foi desenhada por Friedrich Geiger, embora baseada nos estudos do designer francês Paul Bracq, cujo trabalho – em colaboração com o engenheiro húngaro Béla Barényi –, deram ao carro a sua característica a capota rígida côncava. Foi de resto o formato peculiar da mesma que daria ao carro, o nome pelo qual ficaria conhecido: “Pagode”.
A sua relativa leveza – possibilitada pela utilização de alumínio nos capôs frontal e traseiro, bem como no exterior das portas –, o chassis relativamente curo e largo, a excelente suspensão, os travões de disco no eixo da frente eram, todas elas, características que conferiam ao 230SL um comportamento absolutamente referencial para a época. O seu motor de 2308 c.c., com injecção mecânica Bosch multi-ponto debitava agora 150 cv. de potência e 169 Nm de binário máximo.
Mas em 1967, depois do 250SL de 1966, a Mercedes-Benz introduz o novo motor M130, de 2778 c.c. lançando o 280SL, agora com 170 cv. e 244 Nm de binário. A transmissão podia ser agora manual de 4 ou de 5 velocidades em opção (de fabrico ZF). A caixa automática era de 4 velocidades. Entre 1963 e 1971 foram produzidos 48 912 exemplares do SL.
Este Mercedes-Benz 280SL de 1968, com uma caixa manual de 4 velocidades e a rara opção de diferencial auto-blocante, teve apenas 4 proprietários, tendo sido entregue novo na Suiça onde permaneceu até o seu segundo proprietário americano o ter levado para os Estados Unidos, depois de passar 25 anos com ele na Europa. Pintado em cinzento-prata da Glasurite e com um interior encarnado em pele, foi recentemente restaurado pelo reputado especialista Siegfried Linke. O modelo, com números de correspondentes de chassis e motor, foi recentemente vendido nos Estados Unidos, por 101 750 Dólares, no leilão da RM Auctions, em Monterey.
Mais informações em www.rmauctions.com

Texto: Jornal dos Clássicos
Imagens: Hugh Hamilton – RM Auctions

Classificados

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube