Tatra T87, de 1941

Clássicos 08 Ago 2012

Tatra T87, de 1941

Um do mais antigos fabricantes de automóveis europeus, a empresa Checa Tatra, tem uma história que remonta a 1850 e uma reputação de inovação tecnológica, graças sobretudo à mente fértil do talentoso engenheiro austríaco Hans Ledwinka. O T87 é um dos carros mais avançados do seu tempo, no período que antecedeu a Segunda Guerra Mundial, com o seu design radical baseado no modelo 77 – o primeiro carro projetado para tirar partido de efeitos aerodinâmicos. O desenho da carroceria do Tatra T77 é baseado em estudos feitos por Paul Jaray, que projetou os famosos dirigíveis alemães Graf Zeppelin.
O inovador design do T87, com a sua colocação do motor à rectaguarda, a carroceria com uma traseira inclinada e a sua característica “barbatana” – para dividir a pressão do exercida ar em ambos os lados do carro – conferia-lhe uma resistência ao ar inferior à dos seus contemporâneos, permitindo-lhe atingir os 160 km/m. Esta concepção viria a influenciar visivelmente os projetos de Ferdinand Porsche para o Volkswagen “Carocha”, de tal modo que Tatra chegou, mais tarde, a processar a empresa alemã por infringir 11 patentes diferentes.
As duas pequenas janelas divisoras entre o habitáculo, a bagageira (traseira) e o compartimento do motor, aliados à grelha de arrefecimento motor (refrigerado a ar), concediam-lhe uma visibilidade traseira muito limitada.
Sob a elegante carroçaria do T87, encontrava-se um motor V8 de 2969 c.c. em liga de magnésio, que produzia 85 cavalos, aliado a uma caixa manual de 4 velocidades. A sua suspensão era totalmente independente e estava equipado com travões hidráulicos.
Apesar do luxuoso Tatra T87 ser um automóvel caro para o seu tempo – com um preço equivalente, aos dias de hoje de cerca de 100 mil Euros –, acabou por ser muito bem sucedido em matéria de vendas, com pouco mais de 3000 unidades construídas entre 1936 e 1950.
Adquirido na República Checa, há uma dúzia de anos por Martin Swig – o organizador da Califórnia Mille – este T87 com o chassis nº 49870 foi subsequentemente enviado para os Estados Unidos, após um restauro no seu país de origem. Com uma bela “pátine”, este T87 apresenta-se como um carro perfeitmente funcional, com um carroçaria praticamente sem imperfeições. A sua pintura apresenta algumas pequenas irregularidades em consonância com as condições gerais do veículo, com cromados de elevada qualidade e em excelente estado. Os estofos foram recondicionados em veludo do período original de construção e o seu teto foi também forrado de novo.
A leiloeira britânica Bonhams irá apresentar este Tatra T87 para venda, no próximo dia 17 de Agosto, em Carmel (Califórnia) seu leilão de Quail Lodge, a propósito da Pebble Beach Automotive Week. O valor estimado de venda encontra-se entre os 160 e os 200 mil Dólares americanos, ou entre 130 e 160 mil Euros.
Mais informações em www.bonhams.com

Texto: Jornal dos Clássicos
Imagens: Bonhams

Classificados

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube