Reid's Classic Auto Show, um sucesso na Madeira

Eventos 17 Mai 2012

Reid’s Classic Auto Show, um sucesso na Madeira

Integrado nas celebrações da Festa da Flor, na Madeira, o Reid’s Palace Hotel promoveu este ano a realização da 1ª edição do seu Classic Auto Show, destinado a veículos antigos e clássicos produzidos até 1980. Composto fundamentalmente de um concurso de Elegância, Restauro e Originalidade, este evento reuniu cerca de 300 automóveis que puderam ser observados na área de exposição ao ar livre, entre o Largo da Paz e a Travessa do Valente, no passado dia 21 de Abril. Para além dos automóveis, estiveram também presentes mais de 60 motos, atestando assim a paixão dos habitantes pelos veículos clássicos, de duas e quatro rodas, como as ótimas condições do magnífico património automóvel residente naquela região autónoma.
João Mendes de Almeida, Francisco Urbino Rebelo e Eduardo Jesus foram os três entusiastas locais que impulsionaram o evento, a propósito da forte ligação do hotel Reid’s aos clássicos, já que primeiro automóvel a circular na ilha da Madeira, foi levado por um hóspede daquele hotel centenário, em 1904.
Embora tenha sido a primeira vez que se realizou na Madeira um evento desta dimensão, tanto o número de inscrições como entusiasmo do público levaram a organização a classificá-lo como um enorme sucesso, ficando desde já prometida a repetição da iniciativa.
Segundo os responsáveis “o trabalho desenvolvido é prova da capacidade de organização, mobilização e da enorme abertura que os agentes culturais e proprietários dos veículos antigos e clássicos têm em disponibilizar este notável património”, contribuindo para a divulgação da ilha da Madeira.

Os vencedoras das classes e dos troféus

Os veículos inscritos foram avaliados de acordo com nove classes de participação, tendo sido ainda atribuídos quatro troféus. A lista dos vencedores foi a seguinte:

Troféu Reid’s Palace “Best of Show”: Peugeot 201, de 1930
Troféu Liberty Seguros / Grupo CBK “Originalidade”: Volkswagen Type I 1302, de 1971
Troféu BES “O mais elegante”: Singer 9 “Le Mans”, de 1933
Troféu Motos “Best of Show”: NSU Quickly L, de 1957

Classe A Viaturas de Competição anteriores à Guerra: Amilcar CGSS, de 1927
Classe B Viaturas de Sport anteriores à Guerra: MG TA, de 1937
Classe C Viaturas abertas ou fechadas até 1935: Peugeot 201, de 1930
Classe D Viaturas abertas ou fechadas, de 1936 a 1944: Standard 8 Tourer, de 1938
Classe E Viaturas de Sport abertas do Pós-Guerra, de 1945 a 1980: Alfa Romeo Spider Duetto, de 1967
Classe F Viaturas de Sport fechadas do Pós-Guerra, de 1945 a 1980: Volvo 1800S, de 1963
Classe G Viaturas de Competição do Pós-Guerra, de 1945 a 1980: Stanguellini, Fórmula Júnior, de 1959
Classe H Viaturas abertas ou fechadas do Pós-Guerra, de 1945 a 1980: Volkswagen Type I Split, de 1951
Classe I – Originalidade Motos: Hercules W2000, de 1976
Classe I – Elegância Motos: Vespa GTR 125 VNL2T, de 1968
Classe J – Todo-o-terreno: Land Rover Série 3 88, de 1975
Prémio “Belle Époque” – Peugeot 201, de 1930

Texto: Jornal dos Clássicos
Imagens: Júlio Silva Castro

Deixe um comentário

Please Login to comment

Siga-nos nas Redes Sociais

FacebookInstagramYoutube